Às vésperas da final, “Dancing Brasil” com Xuxa registra baixa audiência

Xuxa
Às vésperas da final, “Dancing Brasil” com Xuxa registra terceira pior audiência da temporada (Imagem: Divulgação / Record)

O “Dancing Brasil” de Xuxa Meneghel não está dançando conforme a música. Nesta quarta-feira (4), a atração da Record perdeu audiência ao invés de ganhar – o que comumente ocorre em semifinais de realities. A emissora, aliás, passou a manhã e boa parte do horário nobre em terceiro lugar, atrás do SBT, assim como aconteceu com o “Dancing”.

No ar das 22h43 à 0h08, o programa de Xuxa ficou com 4,8 pontos, 7,3 de pico e 8,6% de participação no número de televisores ligados (share); na mesma faixa, 18,3 para a Globo e 8,4 do SBT. O episódio superou apenas o de 31 de julho (3,6) e o de 21 de agosto (4,5).

Antes, “O Rico e Lázaro” e “Jornal da Record” marcaram 7,1 de média. Depois, a série “MacGyver” registrou 2,5. Todos na terceira colocação, atrás das estações dos Marinho e de Silvio Santos.

Pela manhã, a Record anotou a mesma posição com “Balanço Geral Manhã” (2,8 x 4,9 do SBT), “São Paulo no Ar” (4,2 x 5,6), “Fala Brasil” (4,2 x 5,6) e “Hoje em Dia” (5,1 x 5,3).

Em segundo, ficaram as atrações vespertinas. O “Balanço Geral” alcançou 9,7 pontos, 12,6 de pico e 21,2% de share, das 12h às 15h. “Bela, a Feia” (2009) atingiu 9,3 pontos, 12,1 de pico e 19,7% de share, entre 15h e 15h58.

“Caminhos do Coração” (2007) bateu 6,2 pontos, 9 de pico e 12,6% de share, das 15h58 às 16h48. O “Cidade Alerta” deu 10,3 pontos, 12,8 de pico e 16,5% de share, entre 16h48 e 19h54.

A inédita “Topíssima”, por sua vez, empatou com o SBT tanto na audiência, quanto no share: 8,8 pontos, 12,3 de pico e 12,3% de share, das 19h54 às 20h45.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox