Globo Repórter
Sérgio Chapelin à frente do “Globo Repórter”; jornalístico emplaca boa audiência (Imagem: Divulgação / Globo)

A última sexta-feira (13) marcou a despedida de Sandra Annenberg do “Jornal Hoje”. Após 16 anos à frente do vespertino, Sandra migra para o “Globo Repórter”, substituindo, ao lado de Glória Maria, o veterano Sérgio Chapelin. Curiosamente, o “GR” em seu formato tradicional bateu, na sexta, o recorde de audiência deste 2019. A passagem de bastão de Sandra para Maju Coutinho, nova âncora do “JH”, também pontuou bem.

De acordo com dados aferidos na Grande São Paulo, o “Globo Repórter” emplacou 27,4 pontos; em pauta, curiosidades da Bahia reveladas pelo jornalista José Raimundo. O resultado é superior do dia 16 de agosto, quando uma matéria sobre o uso da bicicleta amealhou 26,4 de média.

Mais cedo, o “Jornal Hoje” garantiu 11,5 pontos. Sandra Annenberg se emocionou ao ver o VT de despedida, bem como no bate-papo com Maju Coutinho e com Márcio Gomes – que assume a bancada até a estreia da substituta oficial, no próximo dia 30. O telejornal elevou a média do “Globo Esporte SP” (11) e ficou acima da “Sessão da Tarde” (10,8), apresentando “Homem-Aranha” (2002).

A sexta-feira na Globo contou ainda com o “Bom Dia São Paulo” à frente do “Bom Dia Brasil” – 9,6 x 9,1 – e do “Encontro” de Fátima Bernardes batendo o “Mais Você” com Ana Maria Braga – 7,9 x 8,7.

O “SP1”, por sua vez, anotou 12,1 pontos; a segunda edição, no horário nobre, assegurou 26,2. O “Jornal Nacional” fechou com 32,2. Ainda no jornalismo, 10,3 para o “Jornal da Globo”.

Ainda, “O Álbum da Grande Família” (15,2), “Máquina Mortífera” (15,7), “Conversa com Bial” (7,1), “Escândalos – Os bastidores do poder” (5,2), “Corujão” (4,3 e 4) com “À Procura” (2014) e “Xingu” (2011).

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos