Ator da Globo solta o verbo sobre racismo na televisão

Globo
Nando Cunha disparou poucas e boas contra racismo na televisão (Imagem: Divulgação/ SBT)

Fora da televisão desde o fim de Bom Sucesso, da Globo, Nando Cunha desabafou sobre os trabalhos de atores negros na dramaturgia. O famoso afirmou que os artistas são chamados somente para fazer papéis estereotipados ou menores.

“Todos os personagens que se põem na TV de um negro é um negro, não de um ser humano, de uma pessoa”, disparou o artista, em uma live com o jornalista Wellington Andrade.

Nando Cunha ainda detonou a forma como a televisão teve um papel importante na formação do imaginário sobre o negro no papel de subalterno, malandro e hipersexualizado.

“Não é só estar lá. Às vezes, você tem um personagem negro médico ou engenheiro que não tem importância alguma na trama”, desabafou o ator, que pediu pela presença de mais negros não só em papéis, mas também na posição de autores e diretores.

Antes de Bom Sucesso, da Globo, o artista esteve em As Aventuras de Poliana, no SBT, foi demitido e acabou criticando a emissora pelo tratamento que, segundo ele, era estereotipado para os artistas negros.

“Eu posso ter títulos como mestrado, doutorado, pós-doutorado que eu vou ser sempre o homem negro e a mulher negra. Esses estereótipos precisam ser extirpados da sociedade”, declarou ele.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Racismo na TV e na sociedade foi assunto da entrevista. Veja!!!

Uma publicação compartilhada por Wellington Andrade (@reporterwellingtonandrade) em

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.