Ator de Mulheres Apaixonadas entra na Justiça contra a Globo; saiba detalhes

Paulo Coronato
Paulo Coronato procurou a Justiça para resolver caso com a Globo (Imagem: Reprodução)

Sucesso em Mulheres Apaixonadas, onde interpretou o taxista conquistador Caetano, Paulo Coronato entrou com um processo contra a Globo.

Segundo informações do Splash, pede na Justiça para ter acesso aos documentos da emissora em relação às reprises das tramas as quais ele fez parte.

No currículo Paulo ainda tem novelas como Rei do Gado, Vila Madalena, esperança, Beleza Pura, Força Tarefa e Aruanas. O artista alega no processo que tomou conhecimento, através de sites na internet, que a emissora tem reprisado seus trabalhos sem pagar por isso.

Veja Também

Além disso, ele acusa o canal de efetuar, de forma incorreta, vendas internacionais das tramas e não repassar os valores. Paulo afirma que pediu diretamente à Globo pelo relatório e os valores correspondentes, mas não foi atendido e, por isso, optou por procurar a Justiça.

A emissora, por sua vez, se defendeu alegando que a eventual pretensão principal de cobrança de verbas estaria sujeita ao prazo de 5 anos e apresentou as reprises, exibições e comercializações anteriores ao processo.

A empresa também apresentou à Justiça todas as exibições as quais Paulo esteve, além dos valores pagos a ele e os contratos. “Eventual análise de qualquer deliberação sobre a existência ou não de saldo a pagar será objeto de ação própria“, disse ainda.

A juíza Beatriz Cabezas encerrou o caso afirmando que não pode exigir que a Globo apresente documentos assinados por terceiros.

Gerente da Globo morre após acidente aéreo no interior de SP

André Luiz Warwar, gerente de tecnologia da Globo, é uma das vítimas do acidente com um avião de paraquedismo em Boituva, no interior de São Paulo. O instrutor Wilson José Romão Júnior também foi vítima da tragédia.

A dupla estava na aeronave que levava um piloto e mais 15 passageiros. Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, a aeronave teria colidido com uma torre de alta tensão antes de cair em um pasto, de ponta-cabeça. A parte frontal foi inteiramente destruída.

André Warwar era apaixonado por paraquedismo e produções audiovisuais. Ele foi responsável pela direção do longa-metragem O Crime da Gávea, em 2017, e foi dono de loja de informática, locadora de vídeos e petshop, antes da sua contratação pela Globo, em 2004.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›