Audiência da TV: Despedida de Chaves surra Triturando, Casos de Família e SBT Brasil

Chaves
Roberto Bolaños no papel-título de Chaves; última exibição de série no SBT rende boa audiência (Imagem: Divulgação / SBT)

O seriado Chaves deixou a grade do SBT, e outras tantas plataformas de exibição, na última sexta-feira (31). O desacerto entre a produtora Televisa e o Grupo Chespirito, formado pelos herdeiros de Roberto Bolaños – detentores dos direitos da obra –, implicou na suspensão das reprises em diversos países. No Brasil, a despedida se deu em grande estilo; o último episódio do “menino do oito” rendeu mais audiência do que várias atrações da emissora onde ele esteve por 36 anos.

No ar das 14h13 às 15h16, Chaves acumulou 5,8 pontos, conforme dados aferidos na Grande São Paulo. O clássico mexicano superou o Primeiro Impacto de Dudu Camargo e Marcão do Povo, com 4,1 de média. O número isolado também bateu os 5,4 do Bom Dia & Cia, atração que abrigou a despedida do seriado, em seu horário completo. E humilhou o Triturando de Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez e Gabriel Cartolano, com 3,7.

Chaves ainda ficou à frente do Casos de Família apresentado por Christina Rocha (4,6), da reapresentação de O Que a Vida me Roubou (5,5), dos momentos finais de Betty, A Feia em NY (5,6) e do SBT Brasil capitaneado por Marcelo Torres e Márcia Dantas. O telejornal trouxe o clipe de Boa Noite, Vizinhança, um dos mais famosos temas da obra, no encerramento.

A maior audiência do SBT na sexta coube ao programete Cupom Premiado do Baú. Com 9,3 pontos, o sorteio fechou acima dos 8,6 de Roda a Roda Jequiti, dos 8,1 de Chiquititas (2013), dos 6,5 da Live do Ratinho – com Leonardo e Raça Negra – dos 6,3 de O Grande Dave (2008) em Tela de Sucessos e da mexicana Quando me Apaixono e dos 6,2 de Cúmplices de um Resgate (2015).

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.