Band rebate presidente da Caixa e exige retratação; Datena rompe com Bolsonaro

Band
Band quer explicação de presidente da Caixa Econômica Federal (Imagem: Reprodução – Band / Montagem – RD1)

A Band reagiu na noite de ontem (22), após a declaração do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Na reunião ministerial do dia 22 de abril, o economista disse que a emissora “queria dinheiro” do banco estatal, mas não explicou como esse suposto pedido, por quem foi feito e como foi analisado.

No Jornal da Band, o canal paulista exigiu explicações de Pedro Guimarães sobre a manifestação feita na reunião comandada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “No vídeo da reunião ministerial, liberado pelo STF, aparece o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, dizendo que a Band ‘está me pedindo dinheiro’. Essa frase soa leviana e irresponsável e tem que ser explicar por esse senhor”, pediu.

“A Band se orgulha de operar com lisura na sua área comercial e não admite que qualquer de seus funcionários saia da linha técnica e rigorosa. Repudiamos a insinuação caluniosa que essa frase contém”, finalizou a nota lida pelo jornalista Eduardo Oinegue.

“Acho que a gente tá com um problema de narrativa. Hoje de manhã, por exemplo, o pessoal da Band queria dinheiro. O ponto é o seguinte: vai ou não vai dar dinheiro pra Bandeirantes? Ah, não vai dar dinheiro pra Bandeirantes? Passei meia hora levando porrada, mas repliquei”, disse Guimarães no encontro.

Por coincidência, o Brasil Urgente comandado por José Luiz Datena exibiu o trecho. Impactado com o presidente da Caixa e com as declarações de ministros e do “capitão”, o apresentador anunciou, ao vivo, que rompeu relações com o governo.

“Se você deu dinheiro para alguém aqui da Band, Pedro, você indique para quem você deu, que com certeza essa pessoa vai ser demitida, se não foi uma coisa legal, se não foi mídia técnica”, especulou o jornalista, enfurecido. “E do jeito que você colocou tem dúbia interpretação. Ou você prevaricou e o Bolsonaro devia te mandar embora hoje”, recomendou.

“De preferência, eu não quero mais entrevistar o senhor Presidente da República, depois de uma atitude dessa. Eu gostaria que o Presidente da República desse entrevista para quem ele quisesse (…) eu me permito nunca mais fazer uma entrevista com ele”, desabafou o veterano.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Virei Jornalista (@vireijornalista) em

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox