BBB 2019
Paula, do BBB 2019, foi indiciada por intolerância religiosa (Imagem: Reprodução / Instagram)

A repercussão do indiciamento de Paula Von Sperling, vencedora do BBB 2019, por intolerância religiosa, dividiu opiniões de internautas. Desde que o programa terminou, há uma semana, ela foi interrogada pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), que divulgou a decisão na quinta-feira (18).

Paula teria praticado o crime contra Rodrigo França, dentro do confinamento, quando criticou a religião do brother. “Ele fala o tempo todo, ele desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso. Ele fala o tempo todo, ele desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso. Mas eu não sou [preconceituosa] não… nosso Deus é maior“, disse.

Embora a decisão do Decradi ainda seja avaliada pelo Ministério Público, que analisará as provas e determinará se a denúncia será arquivada ou não (sob pena de um a três anos de reclusão e multa), muitos decidiram se posicionar sobre o fato. Alguns, inclusive dizem que não houve maldade nos comentários da loira.

E quem disse que a Paula quis ser maldosa ao falar da religião do outro? Usar uma fala para levantar o vitimismo é fogo“, escreveu um internauta, no Twitter. “O povo preto morrendo e se f&*%$#o na mão desse Estado racista, e tenho que ler que a Paula do ‘BBB’ está sendo injustiçada“, rebateu outro.

A Paula do BBB foi indiciada e tem gente ainda passando pano pra ela“, criticou outra seguidora. Também teve quem criticou a postura da Globo. “Paula é indiciada por intolerância religiosa e preconceito. No ‘Encontro’, colocam negros como convidados e falam sobre intolerância religiosa“, comparou.

Confira:

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!