BBB 2022: Equipe de Vyni se pronuncia após brother desabafar sobre homofobia

BBB 2022
BBB 2022: Vyni desabafou com Eliezer (Imagem: Reprodução / Globo)

Após Vyni revelar na casa do BBB 2022 que já foi vítima de agressão por homofobia, a equipe do brother se pronunciou no Instagram.

Saiba tudo o que rola na casa do BBB 2022 na cobertura do RD1

“Nesta madrugada, Vyni teve uma conversa com Eliezer, contando sobre as vezes em que foi agredido fisicamente pelo simples fato de ser quem é”, iniciou.

Veja Também

“Nós da equipe, formada em sua grande parte por amigos e familiares, fomos pegos de surpresa e ficamos bastante emocionados com esse relato”, revelou o time do participante.

“Diante disso, resolvemos vir a público expor a conversa, para que todos entendam: esse tipo de atitude é inadmissível! Seres humanos devem, em sua totalidade, serem respeitados, sendo exatamente quem são”, completou.

“Vyni tem muito orgulho de representar essa comunidade e luta por uma realidade melhor, pois sabe o valor de usar sua voz por um bem maior“, finalizou a equipe, que incluiu na publicação o vídeo em que Vyni faz seu relato.

Nos comentários, vários perfis reagiram. “Você é luz, Vyni! Só quem passou e passa por isso constantemente sabe, mas a gente não deita!”, disse Rodrigo, que já foi eliminado do reality.

Todos nós da equipe do Eli nos solidarizamos pela dor do Vyni e por esse relato. Sabemos do carinho e da amizade que eles tem no programa e queríamos deixar aqui nosso carinho e acolhimento“, escreveu o perfil de Eliezer.

“Eu chorando junto com o Eli que sociedade a gente vive! Um ser iluminado, bom, inteligentíssimo como o Vyni, passando um absurdo desses”, disse um internauta. “Todo amor e acolhimento para Vyni. Ninguém merece passar por essa dor”, afirmou mais um.

BBB 2022: Vyni conta situação

Para quem não viu, na ocasião, o confinado contou: “Me bateram. Tô contando isso daqui, mas nem o povo lá de casa sabe. Tô falando isso em rede nacional”.

“Aconteceu comigo, mas aconteceu pior com muita gente. Muito pior. Imagina quem não tem uma família para acudir, ou quem é colocado pra fora de casa. Isso só em relação à orientação. Imagine cor, classe econômica…”, completou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Carol Bittencourt
Brasileira vivendo em Portugal, Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para as redes sociais. Colabora com o RD1 desde 2018. Ama viajar, seja chegando em um novo destino ou em frente à TV assistindo uma boa série.
Veja mais ›