Bela Gil relembra parto da filha: “Não conseguia ter relações sexuais”

Bela Gil relembra parto da filha e diz: "Não conseguia ter relações sexuais direito"
Bela Gil falou que vida sexual mudou após primeiro parto (Imagem: Divulgação / GNT)

Bela Gil voltou a defender o parto humanizado ao falar sobre o seu livro, “Bela Maternidade: Meu Jeito Simples e Natural de Ser Mãe”, em entrevista ao jornal “Correio”.

“Minha decisão em relação ao parto do Nino [normal domiciliar] foi muito pelo fato de não ter tido uma experiência tão boa com a Flor [cesárea]. Só descobri que poderia ter sido muito melhor depois que comecei a ler e me informar melhor sobre o parto humanizado”, disse a apresentadora sobre o parto da primeira filha.

A filha de Gilberto Gil também falou que o primeiro parto acabou trazendo sequelas para sua vida sexual. “Não sabia da questão do corte do períneo, não sabia como era esse procedimento e que isso poderia afetar a minha vida no pós-parto. No meu caso foi muito ruim, porque fiquei com dor na região por quase um ano”, afirmou.

“Foi muito ruim. Não conseguia ter relações sexuais direito e isso afetou muito a minha vida. Só depois fui entender que esse procedimento não é necessário. Por isso é importante a gente estar sempre bem informada pra saber até onde a gente pode interferir. Esse é maior empoderamento da mulher”, completou a artista.

Saiba Mais:

Neymar estaria construindo espaço para se casar com Bruna Marquezine

Longe dos holofotes e aposentada, Rita Lee cuida do neto

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.