Bolsonaro
Jair Bolsonaro convidou Silvio Santos e Edir Macedo para o desfile de 7 de Setembro (Imagem: Reprodução / Palácio do Planalto)

Enquanto sua guerra com a Globo não tem hora para acabar, Jair Bolsonaro tem ficado mais próximo dos concorrentes da emissora carioca: Silvio Santos e Edir Macedo. Os donos de SBT e Record foram formalmente convidados pelo presidente para um evento do governo.

Os empresários foram chamados para o desfile de 7 de Setembro, tradicional evento da agenda anual do governo federal. O evento acontecerá no próximo sábado, em Brasília.

Além do apresentador e do Líder da Igreja Universal do Reino de Deus, o polêmico Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, está entre os convidados do político.

“O Edir Macedo estará lá. Quem quiser ver o Silvio Santos, ele estará lá. O Luciano Hang, da Havan, também. Muitas críticas no Facebook, mas ele (Hang) fez muito pelos pobres. O que ele fez? deu emprego”, comunicou Bolsonaro, durante uma live.

O presidente, em meio a polêmicas e troca de farpas com o presidente da França, Emmanuel Macron, pediu aos seus eleitores que uma campanha fosse promovida no sábado: que todos que estiverem nas ruas pela data comemorativa estejam vestidos de verde e amarelo.

Bolsonaro ataca Huck e Doria e alega que eles “mamaram na teta” do PT

O presidente Jair Bolsonaro alegou em uma live que tanto o apresentador da Globo Luciano Huck, quanto o governador de São Paulo, João Doria, “mamaram na teta” do governo do PT, dos ex-presidentes Lula e Dilma.

O político destacou o que ele chamou de “caixa-preta do BNDES”, sobre os empresários famosos que compraram jatinhos com a ajuda do financiamento do banco nacional. “Olha a caixa-preta do BNDES aparecendo. Apareceu aquela galerinha da compra de aviões por 3% 3,5% ao ano. Que teta, hein?”, ironizou.

Entre os nomes citados pelo presidente estavam Huck e Doria, os dois possíveis candidatos à presidência em 2022. “Que isso, hein, Luciano Huck, que teta, hein? Não foi ilegal a compra, reconheço. Mas, poxa. Só pra peixe”, alfinetou.

Em seguida, foi a vez do governador de São Paulo ser atacado por Bolsonaro. “João Doria também comprou, João Doria. Comprou também, Doria? Explica isso aí”, pediu, em uma live que reuniu o general Augusto Heleno.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos