Bolsonaro repete fake news e discursa para mulheres em sabatina gravada da RedeTV!

Luiz Fábio Almeida

02/09/2022

Bolsonaro

Bolsonaro deu entrevista para a RedeTV! (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deu entrevista para telejornal da RedeTV!, nesta quinta-feira (1), e teve espaço para falar sobre temas como economia, educação, segurança pública e meio ambiente. O político também chegou a soltar fake news e discursar para mulheres, após polêmica com jornalista.

Logo na primeira pergunta, o presidente, que busca a sua reeleição, falou da dificuldade em conquistar o voto feminino. Ele afirmou que essa rejeição é parte de “uma narrativa”, porque ele trata as mulheres “com carinho e consideração” e o governo é responsável por “mais de 60 projetos sancionados” em defesa do público feminino.

No entanto, segundo informações do UOL Confere, o político sancionou 46 projetos ao longo do mandato, e nenhum deles foi de autoria do seu governo.

Questionado sobre educação, Bolsonaro atribuiu problemas na área aos governos anteriores e criticou o que chamou de abuso de ensino da “ideologia de gênero” em detrimento do ensino de disciplinas tradicionais.

“O grande patrimônio nosso são os nossos filhos. Nós queremos que nossos filhos frequentem a escola atrás de conhecimento, e não de certas práticas, conhecidas como ideologia de gênero, onde se bota na cabeça da criança que se ele é menino hoje pode ser menina amanhã, e vice-versa”, comentou.

Bolsonaro fala sobre a pandemia

Durante a entrevista, que foi gravada horas antes, o político negou ter cometido erros na pandemia da Covid: “Eu não posso falar em erros, que a gente sempre procurou conversar com muita gente, de forma rápida, para tomar decisões. Temos acertos”.

Já num outro momento, porém, ele reconheceu que “pode ter acontecido um equivoco ou outro”, mas que nenhum passava pela cabeça dele naquele momento.

“Com a política do fique em casa que a economia a gente vê depois, que eu fui contrário, e o Supremo disse que isso competia também aos governadores e prefeitos, e eles poderiam tomar medidas mais rígidas do que eu, basicamente a minha função foi entregar dinheiro para estados e municípios”, disparou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio Almeida
Escrito por

Luiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1, onde escreve sobre TV, Audiências da TV e Streaming. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]