Bolsonaro tenta apagar incêndio após Valdemar Costa Neto alfinetar Datena

Bolsonaro
Datena se irrita com presidente de partido e Bolsonaro aparece para encerrar treta nos bastidores (Imagem: Reprodução – Band – SBT / Montagem – RD1)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) ligou para José Luiz Datena (PSC-SP) depois que o apresentador da Band e seu principal nome ao Senado por São Paulo foi alvo de comentários de Valdemar Costa Neto, presidente do PL.

O “capitão” procurou o âncora do Brasil Urgente para contornar a crise. Por meio de vídeo, Costa Neto pediu desculpas ao comunicador por críticas que fez sobre ele para um grupo de empresários durante um encontro em SP.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Bolsonaro disse a Datena que o cargo não seria de outra pessoa que não fosse ele: “O cargo [de senador] é seu. Eu já disse para esses caras [lideranças do Republicanos e do PL] que você ganha a eleição. A decisão é sua, você define se quer ou não [ser candidato]”.

Veja Também

Em busca da paz nos bastidores da campanha, Tarcísio de Freitas, nome do presidente ao governo de SP, negou que teria um plano B em caso de desistência de Datena e que esse nome seria Paulo Skaf.

Bolsonaro vê do Palácio do Planalto briga entre Valdemar Costa Neto e Datena

A revista Veja informou que o ex-deputado lembrou na conversa com empresários que o apresentador criticou políticos e que isso poderia ser explorado pelos adversários, mas disse que o comunicador seria imbatível nas urnas.

Datena não gostou e reagiu irritado: “Não pode o Valdemar Costa Neto dizer que eu tenho coisa no passado. Se ele acha isso, manda ele revelar, manda ele dizer que coisa é essa que eu tenho no passado”.

“Eu sei o que ele tem no passado, ele saiu da cadeia outro dia. O Brasil inteiro sabe. Ele não estava na cadeia outro dia, o Valdemar?”, indagou. “Manda ele dizer o que eu tenho no passado. Não venha falar do meu passado, que meu passado eu procuro mantê-lo ilibado. Não pode o cara que saiu da cadeia me encher o saco”, reclamou.

“Se eu tiver que ser candidato, o presidente quiser, o Tarcísio quiser, eu serei. Se não quiserem que não seja, não serei, mais uma vez a política vai me jogar para fora”, manifestou. Foi a partir disso que Bolsonaro pensou na ligação em busca do fim do mal-estar.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›