Bom Sucesso
Paloma fica chocada ao ouvir sobre passado de Alberto em “Bom Sucesso” (Imagem: Reprodução / Globo)

A admiração que Paloma (Grazi Massafera) sente por Alberto (Antonio Fagundes) está prestes a ir para o lixo em “Bom Sucesso”, quando a loira é procurada por Eric (Jonas Bloch), um empresário riquíssimo e inimigo declarado do editor.

Paloma, que terá sido demitida após Diogo (Armando Babaioff) chantagear Alberto, que se sentirá sem saída, é procurada por Eric, que começa a contar uma série de histórias sobre o passado do pai de Marcos (Romulo Estrela) e Nana (Fabiula Nascimento).

“Quando era jovem, eu sonhava em ser escritor e estava terminando meu primeiro romance. Primeiro e único. Foi quando eu conheci o Alberto. Nós dois éramos de Madureira, aqui perto. Ele trabalhava como vendedor para uma editora e também gostava de ler. Isso nos aproximou”, relata o empresário, enquanto cenas dos dois jovens aparecem.

“A gente sempre se encontrava para tomar cerveja e conversar sobre literatura. Viramos amigos, até o dia em que Alberto conheceu Cecília“, continua Eric. “Cecília? A esposa dele…”, pergunta a ex-acompanhante do editor. “Mas antes disso ela era minha noiva”, completa o empresário, que explica que sua ex-noiva foi seduzida por Alberto.

“Ele é capaz de tudo. Ouve só. O Alberto ficou sabendo de uma pequena editora que andava mal das pernas. Ele me convenceu a emprestar dinheiro para comprar essa editora com a promessa de me colocar como sócio e lançar o meu livro”, diz Eric. “E o senhor emprestou?”, pergunta a loira.

“Fiquei na dúvida, mas Cecília me convenceu. Não sei se na época ela já estava se encontrando com o Alberto, mas é bem possível. Entreguei todo o meu dinheiro e Alberto comprou a editora que acabou se tornando a Prado Monteiro”, conta o ricaço.

Paloma pergunta sobre o livro e a sociedade para Eric, que diz que pelo acordo ter sido feito verbalmente, não havia o que fazer, de forma que ele ficou sem nada. “Naquela época não tinha computador, e eu, estúpido, não tinha nenhuma cópia, só o original que entreguei para Alberto”, explica Eric. “E ele não te devolveu?”, questiona a costureira.

“Nunca. Disse que tinha ido pro lixo, por engano. Mas que eu não precisava ficar chateado porque o livro era péssimo. E assim ele destruiu os meus mais caros sonhos de juventude”, dispara o inimigo do editor.

“Não consigo imaginar o Seu Alberto fazendo isso. Mas também não achava que ele fosse me demitir daquele jeito. Sem nem olhar para minha cara”, lamenta Paloma. “O Alberto é assim. Ele usa as pessoas e depois descarta quando não interessa mais”, alfineta Eric, deixando Paloma perplexa.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos