Bruna Marquezine rebate críticas à magreza e revela depressão em desabafo; veja

Bruna Marquezine não deixou passar
Bruna Marquezine fez desabafo bombástico (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bruna Marquezine, que está curtindo férias em Veneza, fez um desabafo bombástico no Stories, do Instagram, após ser criticada por seguidores. A atriz, que não costuma falar muito na rede social, rebateu os haters de plantão e fez uma revelação.

“Eu quero dividir com vocês alguns comentários de algumas pessoas na minha última foto, isso tem em todas as minhas fotos, mas na minha última foto me chamou muita atenção”, revelou a beldade, postando alguns prints com os comentários a seguir.

“Preferia antes, tá muito magra”, disse uma internauta. “Se não tá com nenhum problema de saúde, os amigos têm que dizer que tá feio… muita magreza, tá ficando anorexa, cuidado”, disparou outra. “Está muito magra, ficou feia, as pernas parecem dois macarrão kkkk”, provocou mais uma.

A namorada de Neymar Jr, então, resolveu desabafar. “Resolvi falar aqui porque daí respondo uma vez só e não fico respondendo essas pessoas e acho importante falar disso. Eu estou muito saudável, graças a Deus, muito saudável. Inclusive, bem antes antes de vir para essa viagem, eu fiz todos os meus exames e fiquei superfeliz com meus resultados, meu médico também. Eu estou muito bem e isso deveria ser a única coisa importante”.

Feliz com o corpo, Bruna continuou: “Depois disso, acho muito importante que a gente se sinta bem com o nosso corpo. Eu acho importante me olhar no espelho e me sentir bem… E eu estou. Eu amo meu corpo e eu estou muito feliz com ele do jeito que ele é. Eu não quero emagrecer, não estou fazendo nenhuma dieta no momento”.

Marquezine aproveitou para dizer que emagreceu para fazer a personagem Catarina em “Deus Salve o Rei”, mas de forma saudável. “Eu cheguei a dar entrevistas sobre isso na época da novela, porque perguntaram por que eu tinha emagrecido, eu disse que tinha a ver com o personagem. Quando eu engordo um pouco, engordo muito na bochecha, eu fico com o rosto mais redondo, e isso faz com que eu fique com o rosto mais de menina. Como eu ia fazer uma vilã, em uma novela medieval, seria interessante estar um pouco mais magra. E por isso eu estava emagrecendo, mas de forma saudável”.

Na sequência, a atriz falou sobre os comentários ofensivos no Instagram e como isso pode machucar as pessoas. “Não tenho intuito de emagrecer mais, não estou preocupada com isso. Não estou fazendo dieta, estou comendo o que eu quero. Inclusive, estou comendo muita besteira”, avisou.

“Se uma pessoa te pergunta a sua opinião, você deve dizer a verdade. Se a pessoa não pergunta, você deve ficar calado. Os chatos de plantão vão dizer que eu sou uma pessoa pública, que eu postei uma foto no Instagram, então as pessoas podem dar a opinião. Não. Não podem. Não estou falando que não podem fazer críticas nas minhas fotos. Mas nas fotos de qualquer pessoa. Se sua crítica for ofender, machucar, fazendo com que essa pessoa se sinta mal com o corpo dela, por mais que seja sem intenção… Fica quieto. Não comenta. Em nenhuma das minhas legendas eu perguntei se vocês acham que eu estou bonita. Ou se eu estou magra demais, se eu devo engordar, e normalmente as pessoas não perguntam. Então por que falar? Por que perder o seu precioso tempo fazendo qualquer tipo de comentário que não é construtivo?”, questionou.

“Chega, gente, as pessoas precisam parar com isso! Eu vejo mulheres, a gente tá vivendo numa era de aceitação, eu vejo mulheres diminuindo as outras ‘aí tá muito magra, homem, gosta de carne’ – manda ele para a churrascaria! Já passou na hora de mudar esse raciocínio, essa forma de pensar, o nosso corpo, mulheres, não foi feito para agradar os homens, para agradar ninguém, a gente tem que estar saudável e feliz. É horrível ver mulheres com esse raciocínio machista, falando, ‘engorda, essa perna tá muito fina, homem não gosta’. Em que ano a gente tá vivendo?”, disparou.

“O que vocês estão fazendo é grave! Eu sei que surgirão outros chatos de plantão para dizer que eu não tenho nem o direito de falar sobre isso porque eu nunca sofri com transtorno alimentar. Mas eu já sofri, e muito, com distúrbio de imagem, porque na época as pessoas não comentavam que eu estava magra demais, mas comentavam que eu estava um pouco gordinha, bochechuda, quadril largo e por aí vai, e eu acreditei”, desabafou.

“Eu acreditei na opinião alheia e comecei a detestar o meu corpo, achava que eu tinha que emagrecer de qualquer jeito, eu tomava Lactopurga todos os dias por mais de três meses, junto com isso eu tive depressão, não só por isso, mas principalmente por esses motivos, por muitas questões de autoestima, por não me aceitar, não me achar bonita suficiente, consequentemente não me achava boa suficiente para nada. Tomava laxante todos os dias e me alimentava mal, ou eu não comia ou, quando comia, comia besteira, porque eu não sentia prazer em ter uma boa alimentação e cuidar de mim, porque eu não estava me amando“, revelou a atriz. “É obvio que tive problemas de saúde, e quando eu comecei a ter esses problemas eu comecei a ficar assustada, a minha depressão também avançando, eu comecei a tomar atitudes que começaram a me assustar e fui atrás de ajuda”, revelou a estrela global

Bruna, então, contou que foi ajudada pela família: “Sozinha eu não tinha forças para buscar ajuda, eu precisei da minha família. Após fazer terapia, de fazer análise, e depois que eu consegui estar saudável mentalmente e fisicamente de novo, feliz com o meu corpo, a Catarina surgiu na minha vida e, de forma responsável, consciente, eu quis emagrecer para a Catarina. Eu sou atriz, a minha ferramenta de trabalho é o meu corpo, e a gente precisa mudar a aparência para alguns personagens”.

“Pela última vez eu vou dizer que estou feliz e saudável, e não estou perguntando a opinião de ninguém a respeito do meu corpo. E, para todas as pessoas que fazem esse tipo de comentário nas foto das outras pessoas, comecem a refletir sobre a responsabilidade de vocês e sobre a consequência que as palavras podem ter. As nossas palavras podem abençoar ou amaldiçoar a vida de outra pessoa, então sejam responsáveis na hora de falar, não é só um comentário, isso pode afetar muito quem está lendo”, confidenciou a namorada do craque do PSG e da Seleção Brasileira.

“Parem, só parem de dar a opinião de vocês se não for construtiva, se não for ajudar a pessoa em alguma coisa. A única coisa que importa é a sua saúde e felicidade, não permita que a opinião alheia forma a sua opinião sobre você mesma. Não se enxergue através do olhar do outro, não importa a opinião é negativa ou positiva, não escute, escute a sua voz, o que você acha de você mesma, não o outro. Só busque se conhecer, mais e mais, e estar feliz e saudável, mas se conheça sozinha, sem escutar a voz do outro. Aliás, outro, fica quieto. Obrigada!”, finalizou.

Veja:

Saiba Mais:

Bruna Marquezine rebate comentário maldoso de seguidora: “Triste”

Bruna Marquezine vai a Festival de Cinema em Veneza de pijama

CONTINUE LENDO →

Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora, colunista e produtora de conteúdo para redes sociais. Apaixonada por séries e filmes, adora passar o tempo na Netflix. Está nas redes sociais no @bittencourt.caroline.

ALERTAS GRATUITOS