Bruno Gagliasso abre o jogo após curtidas em perfil pornô gay no Twitter

Bruno Gagliasso
Bruno Gagliasso desabafa após polêmica no Twitter (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bruno Gagliasso foi o assunto da tarde da última sexta-feira (20) depois que usuários do Twitter descobriram que ele ou alguém responsável pelo perfil dele curtiu um vídeo pornô gay. O ator de 39 anos comentou pela primeira vez sobre o ocorrido.

“Me hackearam. Já está comigo a conta. Não denunciei. Meu escritório está vendo isso. Constrangedor seria se colocassem que eu sou bolsominion”, cogitou aos risos em entrevista à Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

“Meus amigos amaram”, comentou. “Pelo menos não colocaram que sou a favor do Bolsonaro. Aí eu ficaria bravo”, ironizou. Em minutos, o nome de Bruno apareceu em mais de 3 mil tweets ontem.

O post curtido pelo perfil de Gagliasso era de três homens mais velhos no meio de uma relação sexual. “Já falei para não deixar o celular desbloqueado no meio do trabalho. Qualquer um pega e…”, reclamou ele, assim que descobriu a gafe.

Imunizado

Na Europa por causa do trabalho, Bruno Gagliasso recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Depois da agulha, o ator cutucou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“A vacina está no braço, mas a pandemia ainda não acabou. Falta pouco. Bem pouquinho”, avaliou no Instagram.

“Segura a ansiedade, complete sua imunização e logo logo estaremos juntos nas ruas, abraçados, sem máscaras, colocando a cara no sol, prontos para derrubar o genocida. Combinado?”, disparou.

Emocionado, o marido de Giovanna Ewbank ressaltou que a vacina “nos devolve a capacidade de sonhar” e também pediu para que os fãs não deixem de tomar a segunda dose do imunizante.

Confira a repercussão na web:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›