Globo
Personagem de Isabelle Drummond cria polêmica na Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

“Verão 90” conquistou a sua primeira polêmica em pouco menos de um mês no ar. A nova novela das 19h da Globo chamou a atenção dos internautas por causa de uma cena de Isabelle Drummond.

A atriz interpreta a mocinha Manuzita, que foi ao salão e, após o permanente, se deparou com os cabelos, antes lisos, encaracolados. A ideia era copiar o visual da atriz Claudia Ohana – presente no elenco da trama – que, nos anos 1990, época em que se passa o folhetim, ostentava madeixas encaracoladas.

O estilo, porém, destoa de Manuzita. Apelidos como “moita”, “juba” e “mico-leão-dourado”, foram usados para definir o cabelo, pela protagonista e pelos demais personagens, o que revoltou o público nas redes sociais.

Durante o capítulo da última quinta-feira (7), a personagem de Drummond mostrou insatisfação com o resultado do novo visual, dando vários sustos nos personagens do seu núcleo, como a mãe Lidiane (Claudia Raia) e o amigo Jofre (Luiz Henrique Nogueira).

Quando a luz da casa acabou, Manuzita explodiu com a mãe: “Pois eu tenho algumas: horrível, medonho, tô ridícula. Tô parecendo uma hippie louca. Mama, se eu não conseguir tirar essa moita da minha cabeça eu te mato”.

Confira a repercussão:

Afiliada da Globo terá produção própria para teledramaturgia

Em crise de audiência, a TV Bahia, afiliada da Globo, está se preparando para investir em dramaturgia local ainda neste ano. Em entrevista à rádio Metrópole, o diretor executivo da empresa, João Gomes, revelou os investimentos para a área.

“Teremos uma reunião semana que vem, com apoio da própria Globo. É um modelo, quase um concurso de roteiros, porém produzido aqui e com atores daqui. Isso será informado. Será um especial de final de ano com a modelagem de um produção dramaturga 100% local”, explicou. Outros detalhes sobre a produção serão divulgados nas próximas semanas.

Na entrevista, Gomes reconheceu as derrotas que afiliada da Globo sofre em alguns horários, como o do “Bahia Meio Dia” – versão local do “SP1” -, que concorre com José Eduardo, o Bocão, da Record Itapoan. “Não temos nenhum problema em admitir os méritos da concorrência e não espero nenhuma reciprocidade, apesar de que seria de bom convívio do meio”, disse ele.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!