Carla Vilhena diz que se sentia “presa” e comenta saída da Globo

Carla Vilhena
Carla Vilhena comentou o seu pedido de demissão da Globo (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

Carla Vilhena voltou a falar sobre o seu atualmente momento profissional e também pessoal, após deixar a Globo em janeiro deste ano, depois de 34 anos na emissora. Em entrevista ao programa “Mariana Godoy Entrevista”, da RedeTV!, a jornalista comentou o pedido de demissão.

“Trabalho desde os 16 anos com carteira assinada. É a primeira vez na minha vida [que faço isso] e estou fazendo coisas que eu gosto, viajando, passeando, escrevendo”, disse ela.

A jornalista acrescentou que vinha pensando há muito tempo em deixar o canal da família Marinho com o objetivo de mostrar um pouco mais de sua personalidade na internet.

“Já vinha me preparando para isso. Quando comecei com o que era o blog e agora é o meu site, foi uma forma de passar um pouco do que eu era, do que eu tinha dentro e que eu não conseguia passar no jornal. Então pensei que precisava passar um pouco de como eu realmente sou, porque muita gente que me encontrava na rua já dizia que sou engraçada, divertida, e parecia mais velha na televisão quando fazia jornal. Porque muitas vezes a gente não consegue sorrir, passar um pouco do que tem por dentro”, desabafou.

Carla Vilhena relembrou também os sonhos que tinha na juventude e afirmou que “queria ser cigana para viajar o tempo todo sem parar”. No entanto, a comunicadora disse que ficou difícil seguir suas vontades depois de entrar na TV. “Por um lado foi muito bom construir uma carreira, tive muitas realizações, mas por outro eu sempre senti que aquilo me prendia um pouco”, revelou.

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com