Carolina Dieckmann lamenta morte da mãe em texto emocionante

Carolina Dieckmann
Carolina Dieckmann falou sobre morte da mãe (Imagem: Divulgação / Globo)

As coisas estão difíceis e tristes para Carolina Dieckmann. Após perder a mãe, Maíra, a atriz usou seu perfil no Instagram para lamentar a partida do ente tão querido.

Mãe. Sim, essa palavra que nunca mais eu vou dizer; porque hoje morreu meu colo. Porque nada mais de mal, ou de grave, poderia acontecer comigo, porque meu colo não está mais aqui. Minha mãe passou a vida dando colo: pra qualquer um e pra todos. A pessoa mais generosa que eu conheci. A pessoa mais doce. A que me treinou desde cedo a não brigar. A escolher o bem. A tentar sempre compreender o caminho, as escolhas e o lugar do outro. Os limites do outro. A deixar ir. O amor liberta. Sempre. Ela me ensinou um bocado de coisas lindas”, iniciou Dieckmann, com fotos ao lado da mãe.

“Ainda não sabemos do que ela morreu, mas morreu dormindo. E desde que sou pequena vejo ela ‘marcar’ seu encontro com a morte exatamente desse jeito: se ela vier, que seja assim. Mãe, a morte te obedeceu direitinho. Acho que é porque você merecia“, afirmou.

Mas o que eu acho mesmo é que foi muito cedo. Mãe , eu tô devastada. Essa é a palavra que mais explica o que eu tô sentindo. Meu coração tá queimando de dor, tipo a Amazônia, tipo o fim de tudo. Mãe, quem vai ser meu colo? Não digo amanhã, depois… mas hoje? Mãe, hoje eu vou tentar ser colo pros meus irmãos. Eu prometo. E pra sua mãe também. Mãe, a partir de hoje, eu vou morrer um pouco todo dia; de saudade. Te amo. Mãe… eu ainda não acredito“, finalizou.

Nos comentários, amigos mobilizaram. “Carolzinha meu amor, tenho um colo bem fofinho para quando necessitar, acabei de passar por isso, dói fisicamente, perdemos nossa casa, nosso rumo, nosso norte”, disse Claudia Raia. “Não consigo nem imaginar tua dor. Sinta-se abraçada Carol”, escreveu Marina Ruy Barbosa. “Carol meu amor… estamos aqui pra você”, garantiu Angélica. “Amo você, Carol! Sua dor é minha também”, afirmou padre Fábio de Melo.

View this post on Instagram

mãe. sim, essa palavra q nunca mais eu vou dizer; porque hoje morreu meu colo. porque nada mais de mal, ou de grave, poderia acontecer comigo, porque meu colo não está mais aqui. minha mãe passou a vida dando colo: pra qualquer um e pra todos. a pessoa mais generosa q eu conheci. a pessoa mais doce. a q me treinou desde cedo a não brigar. a escolher o bem. a tentar sempre compreender o caminho, as escolhas e o lugar do outro. os limites do outro. a deixar ir. o amor liberta. sempre. ela me ensinou um bocado de coisas lindas. e me ensinou sendo, o q faz toda diferença. ainda não sabemos do q ela morreu, mas morreu dormindo. e desde q sou pequena vejo ela “marcar” seu encontro com a morte exatamente desse jeito: se ela vier, q seja assim. mãe, a morte te obedeceu direitinho. acho q é porque vc merecia. mas o q eu acho mesmo é q foi muito cedo. mãe , eu to devastada. essa é a palavra q mais explica o q eu tô sentindo. meu coração ta queimando de dor, tipo a amazônia, tipo o fim de tudo. mãe, quem vai ser meu colo? não digo amanhã, depois… mas hoje? mãe, hoje eu vou tentar ser colo pros meus irmãos. eu prometo. e pra sua mãe também. mãe, a partir de hoje, eu vou morrer um pouco todo dia; de saudade. te amo. mãe… eu ainda não acredito.

A post shared by carolina dieckmann ?️➕ (@loracarola) on

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox