Catia Fonseca expõe revolta com médico que cometeu assédio no Egito: “Idiota”

Catia Fonseca
Catia Fonseca detona atitude de médico que foi detido no Egito (Imagem: Reprodução / Band)

Catia Fonseca surgiu visivelmente revoltada no Melhor da Tarde, na Band, ao citar comentar o caso do médico Victor Sorrentino detido no Egito após assediar uma vendedora.

No seu lugar eu falaria: ‘Desculpa, foi piada infame, eu fui idiota no que eu disse, preconceituoso, se voltasse o tempo eu mudaria’. Que infantilidade! Tá na segunda série?”, declarou a apresentadora.

A contratada da Band fez questão de explicar que Sorrentino tinha a obrigação de respeitar a mulher assediada e a cultura do Egito, uma vez que ele alegou na entrevista que o contexto favoreceu suas falas, quando se referiu a imagens de homens e divindades com o pênis à mostra.

“Quando você vai viajar para fora do seu país, se informe sobre a cultura e onde você vai. É tão triste quando você vê um brasileiro saindo do seu país e falando uma asneira dessas. Não é pra gente achar que, já que tem pênis e tem seio, pode falar o que quiser. Pelo amor de deus, que ignorância!”, reclamou Catia.

Durante a entrevista exibida no programa, o médico lamentou o impacto que o assédio alcançou em sua família, mas afirmou que aprendeu muito com o caso.

“A minha maior fraqueza durante esse tempo todo foi saber o quanto que eles estavam sofrendo. O meu sofrimento eu assumo. Apesar de tudo o que aconteceu, eu tenho que ser grato a Deus pela oportunidade que eu tive me reenxergar, evoluir, me transformar em muitos aspectos”, disse

Para quem não acompanhou a situação, em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram, Sorrentino fez comentários sexistas em português a uma vendedora, ao comprar papiro, folha de madeira usada para escrita no Egito Antigo. “Vocês gostam é do bem duro. Comprido também fica legal, né?“, disse o gaúcho.

“O papiro comprido”.Si“, respondeu a mulher, em espanhol, sem entender as palavras do rapaz. “Tá! Maravilha”, responde o brasileiro. Após a publicação, as imagens circularam pelo país e as autoridades receberam denúncias da população.

Elson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›