Celso Portiolli e famosos se emocionam com relatos envolvendo Gugu Liberato

Celso Portiolli
Celso Portiolli se emocionou em vários momentos ao ouvir relatos envolvendo Gugu Liberato (Imagem: Reprodução/ SBT)

O Domingo Legal de hoje, dia 24, foi de grande emoção. Celso Portiolli teve a missão de homenagear Gugu Liberato, que teve sua morte anunciada na sexta-feira (22). Na atração, figuras que estiveram presença na trajetória do famoso participaram do programa.

Nomes como das apresentadoras Mara Maravilha e Adriane Galisteu, do humorista Ivo Holanda, da coreógrafa Rafinha, do assistente de palco Liminha, do humorista Lucas Salles, da assistente de palco Alessandra Scatena e das jornalistas Silvana Kieling e Sonia Abrão, deixaram seus relatos sobre o loiro.

“É com muito apreensão e pesar que todo o país acompanhou o desdobramento do terrível acidente caseiro que tirou a vida do incrível apresentador brasileiro, Gugu Liberato. Não sei como expressar minha dor e de todos aqui”, começou Portiolli, que se emocionou em vários momentos.

O apresentador também desejou conforto para a família do animador e afirmou que a atração seria de completa homenagem ao Gugu.

Em seguida Sonia Abrão afirmou: “Fizemos parte dessa história, que foi maravilhosa. Ele era único e vai ser sempre único. Eu sou só gratidão por ter feito parte dessa história. Eu ainda não assimilei ainda [a morte]”.

Ao vivo, direto do antigo teatro de Silvio Santos, que foi a primeira sede do SBT, em São Paulo, Ivo Holanda se emocionou: “Tenho muitas recordações dentro de mim desse homem que representou o SBT durante muitos anos. O Gugu fez a abertura para eu ser do SBT”.

Com a voz embargada, Mara Maravilha também falou sobre o animador. “É difícil não chorar. A gente é um ser humano, não é robô”, disse ela, que contou a respeito da amizade com Gugu: “O Silvio [Santos] fala que amigo não é estar, amigo é ser. Nós vamos passar um tempo sem ver o Augusto. Mas o amigo não é estar, é ser. Ele é nosso amigo e vai ser sempre vivo dentro da gente”.

Alessandra Scatena, que foi assistente de palco do Domingo Legal, comentou sobre o breve namoro que teve com o famoso e da amizade entre eles.

“Namoramos por quase um ano. Foi uma história muito bonita. Ele me pediu em namoro pro meu pai, que trabalhava com ele no Corrida Maluca. É uma mistura. Eu como funcionária dele que fui – como sempre digo, ele é meu eterno patrão – e esse relacionamento que tivemos, como amigos depois, como conselheiros. Se eu tinha uma dúvida, ele me aconselhava”, confessou ela, que foi às lágrimas.

Em gravação, Raul Gil falou sobre a relação que tinha com o apresentador há mais de três décadas. “Eu tenho muito orgulho do Gugu porque ele iniciou sua carreira praticamente no Brasil todo no programa de júri do Raul Gil em 1981. Hoje, nós perdemos um irmão um filho, um dos maiores orgulhos que eu tinha da minha vida e continuo tendo é que ele sempre lembrava: ‘Raul Gil é o meu padrinho’. Eu perdi o meu afilhado”, afirmou.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com