Chico Pinheiro
Chico Pinheiro desabafou após posição da polícia do Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução / Globo)

Chico Pinheiro não guardou sua opinião durante o “Bom Dia Brasil” que mostrou a ação da Política Militar do Rio de Janeiro que levou à morte dois adolescentes em menos de seis horas de operação. A polícia afirmou que um dos adolescentes era traficante, o que deixou o jornalista incomodado.

Dyogo Coutinho, de 16 anos, e Henrico de Menezes, de 19, foram baleados durante uma troca de tiros entre policiais e bandidos nas cidades de Niterói e Magé. A polícia afirmou que Dyogo era traficante e que Henrico tinha armas e drogas quando foi encontrado. Inconsolados, os familiares dos dois rapazes negaram as acusações.

Inconsolados, os familiares dos dois rapazes negaram as acusações. Durante o telejornal da Globo, Chico se mostrou inconformado com a fala da Polícia Militar. “E a polícia diz às vezes que ele era traficante, como se o fato de alguém ser traficante justificasse uma ação de violência, de balear e de matar”.

Foi o suficiente para o apresentador receber uma onda de críticas na internet, chamando Chico de “defensor de bandido” e “comunista”. Há pouco, por meio da sua conta no Twitter, o global se manifestou.

O famoso compartilhou a foto de um desenho: uma mãe segurando o filho nos braços, baleado, e um homem com a farda do exército. Ao fundo com uma arma na mão saindo fumaça, dando sinal de que foi usada. O menino, então, disse para a mãe: “Mãe, ele não me viu com a roupa da escola”. “E o garoto nem era traficante…”, ressaltou o jornalista.

Confira:

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!