Chris Flores desabafa após polêmica de Mara Maravilha no SBT

Chris Flores
Após repercussão de falas de Mara Maravilha, Chris Flores desabafa sobre edição do Fofocalizando (Imagem: Reprodução / Instagram)

Chris Flores deu uma aula de empatia na web horas após a manifestação do público contrário aos comentários feitos por Mara Maravilha durante o Fofocalizando, da última segunda-feira (10), que fez uma cobertura especial sobre os transtornos de São Paulo por conta das chuvas.

No Twitter, a apresentadora agradeceu pelo chamado da direção do programa, considerou como um desafio a edição especial, revelou que se ausentou das gravações da nova temporada do Fábrica de Casamentos para a cobertura e que esteve no palco “em solidariedade à amiga Lívia Andrade”, que não conseguiu embarcar do Rio para São Paulo.

A jornalista revelou que a palavra que veio em sua cabeça durante a apresentação foi a “empatia”. Segundo os críticos, foi um dos termos que faltou para Mara Maravilha. “Com um cenário tão triste, a única coisa que vinha à minha cabeça era a palavra empatia: a ação de se colocar no lugar do outro, buscando pensar ou agir como essa pessoa na circunstância em que ela vive, é o ato de se identificar com o próximo”, explicou.

“Pra isso, é preciso afeto, compreensão, solidariedade e acima de tudo, respeito”, enumerou ela. “Qual é a dor de famílias que perdem entes queridos? Qual é o prejuízo financeiro de quem perde tudo? Qual é a dor e o prejuízo emocional de quem perde tudo?”, perguntou.

Chris Flores continuou com os questionamentos: “Como nos sentimos quando somos largados pelo poder público à própria sorte? Como as pessoas vão retomar suas vidas com suas dignidades perdidas? Onde essas pessoas desabrigadas vão viver? Quem vai recuperar a autoestima dessas pessoas? Quem vai reparar os prejuízos?”.

No final, a contratada do SBT disse que “vidas importam”. “Essa é a oportunidade de exercermos a empatia, de ajudarmos quem não conhecemos porque a culpa de tudo importa, mas no momento de dor, uma mão estendida vale mais do que qualquer sermão. E que as cobranças sejam feitas a quem é de direito. Vidas importam”, finalizou.

Confira:

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox