Lilia Cabral como Valentina Marsalla, em cena do capítulo de quarta-feira (21) de “O Sétimo Guardião” (Imagem: Reprodução / Globo)

A quarta-feira (21) foi nebulosa para as novelas da Globo. O “Cidade Alerta”, da Record, roubou preciosos pontos de audiência de “Belíssima” (2005) – em cartaz no “Vale a Pena Ver de Novo” –, derrotou “Malhação – Vidas Brasileiras” e empatou, por critérios de arredondamento, com “Espelho da Vida”. “O Tempo Não Para”, em fase de “virada”, também não se saiu bem. O destaque positivo ficou por conta da recém-estreada “O Sétimo Guardião”.

“Belíssima”, texto de Silvio de Abreu, anotou 13,7 pontos. Na sequência, “Malhação” amargou 14,6. O “Cidade Alerta”, que agora explora o desaparecimento de uma jovem em Osasco, São Paulo, emplacou 15,3 pontos – entre 17h53 e 18h22. O jornalístico conduzido por Luiz Bacci também ameaçou “Espelho da Vida”; a Globo registrou 16,8 pontos contra 16,5 da Record, durante a exibição da novela das 18h.

Com o início do horário nobre em baixa, “O Tempo Não Para” foi incapaz de impulsionar os números, mesmo apostando na morte do vilão Emílio (João Baldasserini) e na chegada de seu irmão gêmeo, Lúcio (também João, claro), à trama. O folhetim marcou 23,5 de média, uma das mais baixas de sua trajetória.

“O Sétimo Guardião” garantiu a mais alta audiência da Globo na quarta-feira. Foram 28,9 pontos – um a mais do que o “Jornal Nacional” (27,9) e um décimo acima da disputa entre Palmeiras x América – MG (28,8), pelo Campeonato Brasileiro. Os números, cabem lembrar, são referentes à Grande São Paulo.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!