Cineasta toma atitude e denuncia campanha de Bolsonaro

Bolsonaro
Jair Bolsonaro em entrevista ao Jornal Nacional, nas Eleições 2018; ele está sendo acusado pela cineasta Petra (Imagem: Reprodução / Globo)

A cineasta Petra Andrade Costa, herdeira da empreiteira Andrade, que foi denunciada no Petrolão, decidiu fazer uma denúncia contra a campanha de Jair Bolsonaro (sem partido). A acusação foi feita na mídia americana.

Criadora do documentário Democracia em Vertigem (Netlix), Petra contou que, na véspera das Eleições de 2018, as pessoas começaram a receber mensagens no WhatsApp dizendo que a vice de Fernando Haddad (PT) costumava participar de rituais satânicos.

E a cineasta garante que estas mensagens fizeram as pessoas mudarem seu voto na véspera da eleição porque a população acredita em rituais satânicos.

Cabe lembrar que Petra é filha de Marília Andrade, bilionária herdeira da empreiteira que utiliza seu sobrenome e que hospedou a filha de Lula, Lurian, quando ela esteve na França.

Na época, Marília Andrade, mãe de Costa, era casada com um marketeiro franco argentino, que depois foi marido de Marta Suplicy.


Tiago Mind é um famoso e icônico crítico e profissional de TV. Mantém sua identidade oculta para preservar fontes.

*Suas opiniões não refletem, necessariamente, a posição do RD1.

WordPress Lightbox