Claudia Rodrigues defende uso de cannabis para tratamento de doença

Claudia Rodrigues
Claudia Rodrigues apresenta melhoras com o uso de cannabis (Imagem: Reprodução / Instagram)

Há anos lutando contra a esclerose múltipla, Claudia Rodrigues encontrou na cannabis uma boa aliada para o tratamento da doença.

publicidade

“Desde que eu comecei a usar, sou outra pessoa“, contou a atriz, em conversa com o Notícias da TV.

Para quem não sabe, o canadibiol, molécula que compõe a planta cannabis, ajuda o sistema sistema nervoso central e auxilia no tratamento de doenças psiquiátricas ou neurodegenerativas.

publicidade

Veja Também

Apesar dos benefícios, existe muita burocracia em torno da venda na substância no Brasil.

“Esse preconceito é instituído através das indústrias farmacêuticas que não têm interesse de que o produto chegue ao consumidor. É um produto natural e que não tem efeitos colaterais“, pontuou Adriane Bonato, namorada de Rodrigues.

“Não é interessante para a indústria que o canabidiol seja legalizado e venha para o mercado com força total”, explicou.

Em seguida, a empresária revelou que o uso do produto ajuda Claudia com tremores. “Quando tem entrevista ou alguma gravação de vídeo, ela toma o remédio, porque acelera o processo. O olho dela fica retinho, ela anda melhor, o raciocínio dela fica rápido”, detalhou.

publicidade

Em conversa com a publicação, Amanda Medeiros Dias, médica da Clínica Gravital, especializada em cannabis medicinal, explicou que existe uma diferença entre a substância usada para o tratamento e a que é usada de forma recreativa.

“Os dois são anti-inflamatórios e ativam o nosso cérebro, mas o THC (tetra-hidrocarbinol), em alta dosagem, pode causar alteração de consciência. Por isso ele é utilizado no mundo recreativo da cannabis”, pontuou.

Claro que doses altas de canabidiol não são ideais, mas ele não traz algum efeito colateral. Já o THC, em dose alta, pode causar hipotensão, queda de pressão ou algum outro tipo de mal-estar“, completou.

publicidade

Claudia Rodrigues manda recado para Guta Stresser

Na semana passada, a atriz gravou um vídeo especial para a eterna Bebel de A Grande Família. A artista, que também foi diagnosticada com esclerose múltipla, recebeu o apoio da humorista:

“Quero te dizer que a doença é uma merda, é uma doença degenerativa que vai acabando com a gente, é muito complicado isso. Tem que confiar em Deus, tem que ter muita fé mesmo, e lutar muito fazer tudo que precisa ser feito”.

“E se você tiver a sorte de ter uma Adriane Bonato na sua vida, você vai ter muitos anos de vida e com qualidade de vida. Caso contrário, infelizmente vai ser muito difícil, como já foi pra mim um dia sem ela”, completou.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.