CNN Brasil se prepara para tirar Adriana Araújo da Record

Adriana Araújo
Adriana Araújo deve trocar a Record pela CNN Brasil (Imagem: Edu Moraes / Record)

No ar pela Record desde 2006, Adriana Araújo está em negociações avançadas com a CNN Brasil. A jornalista, atualmente no comando do Repórter Record Investigação, tem contrato com a emissora paulista até março.

Segundo informações do jornalista Flávio Ricco, do portal R7, Douglas Tavolaro, CEO da CNN, e Virgílio Abranches, vice-presidente de programação, estão acertando os últimos detalhes com Adriana antes da assinatura do contrato.

A apresentadora foi contratada pela Record há 14 anos, e de lá para cá esteve em duas fases no comando do Jornal da Record. Entre os dois momentos, Araújo foi correspondente internacional, em Nova York, e repórter especial do canal paulista.

A primeira fase foi entre 2006 e 2009, e depois entre 2013 até o dia 19 de junho de 2020. A saída veio à tona em meio ao clima ruim entre a jornalista e a linha editorial pró-governo da TV do bispo Edir Macedo.

Na época, o mal-estar ficou evidente quando Adriana lamentou a postura do Governo Bolsonaro com relação ao atraso na divulgação dos dados da pandemia do novo coronavírus pelo Ministério da Saúde. O desabafo foi feito em uma rede social, mas virou fofoca nos corredores da emissora.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›