Com Libertadores, SBT bate a Globo no Rio e no DF; emissora é vice em SP

SBT
Gabigol em jogo do Flamengo na Libertadores; transmissão do SBT bate recorde no RJ e em Brasília              (Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT conseguiu números impressionantes com os jogos entre Unión La Calera (CHI) e Flamengo e Independiente Del Valle (QUE) e Palmeiras na última terça-feira (11), ambos válidos pela Libertadores. Com o primeiro confronto, a emissora de Silvio Santos bateu a Globo na audiência no Rio de Janeiro e em Brasília.

Na Cidade Maravilhosa, o jogo do Flamengo com direito a gol de Gabigol de pênalti rendeu ao canal 19,2 pontos de média e 23,0 pontos de pico. No mesmo horário, a Globo ficou com 27,2 pontos com a exibição do Jornal Nacional, Império e a estreia de No Limite. Já Record marcou 7,0 pontos com Gênesis, Topíssima e Power Couple.

Nos primeiros 45 minutos, a partida, com narração de Luiz Alano, que assinou um contrato fixo com o SBT, e comentários de Mauro Cezar Pereira e Léo Moura, deu 17 pontos de média e pico de 20 pontos. No mesmo horário, a Globo ficou com 29 pontos e a Record 9 pontos. Às 22h15, o SBT chegou aos 20 pontos e a Globo tinha 10 pontos a mais.

O empate do Flamengo em 2 a 2, com gols de Gabigol e William Arão, chegou à liderança por volta das 23h10, quando marcou 23 pontos contra 20 da Globo, que exibia a estreia do No Limite. Na média do segundo tempo da Libertadores, o SBT ficou com 20 pontos de média e 23 de pico.

Na capital federal, o jogo do Flamengo surpreendeu a concorrente e foi líder por cerca de 20 minutos, entre 23h05 e 23h25, com 15 pontos de média para o SBT e 13 pontos para a Globo. Na média geral, a Globo marcou 15,9 pontos contra 13,8 pontos do SBT e apenas 4,3 pontos da Record, que ficou em terceiro lugar e distante da briga.

Em São Paulo, os dados consolidados apontaram a vice-liderança isolada para o canal. No horário das 21h30 às 23h24, a Libertadores rendeu ao SBT 9,6 pontos de média, 10,7 pontos de pico e 14% de participação, ante 25,2 da Globo, 7,9 da Record, 0,8 da Band e 0,7 da RedeTV!.

Os números foram altos em Manaus (20,2), Fortaleza (12,7), Goiânia (12,4) e Belém (9,1) e medianos em Recife (7,3), Florianópolis (7,1) Salvador (5,7), Porto Alegre (5,6) e Curitiba (5,2).

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›