Com reprises, Globo atinge alta audiência entre as crianças

Globo
Globo atinge alta audiência durante pandemia (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo foi quem mais cresceu em audiência durante os sete primeiros meses de 2020, sendo os quatro últimos com a pandemia do novo coronavírus. A emissora elevou os seus índices na faixa das 7h às 23h59, na média 24 horas e entre todas as faixas etárias, mas principalmente entre o público infanto-juvenil.

Segundo levantamento do jornalista Maurício Stycer, do UOL, das 7h às 23h59, a Globo anotou 16 pontos de média e 36% de share (número de televisores ligados) na média das 15 praças aferidas pelo Ibope que correspondem ao PNT (Painel Nacional de Televisão). O crescimento foi de 1 ponto em relação com mesmo período do ano passado.

Das 6h às 5h59, o canal da família Marinho assegurou 13 pontos de média e 35% de share. Das 18h às 23h59, o canal líder do país amealhou 24 pontos e 40 de share, ou seja, de 100 televisores, 40 estavam sintonizados no plim plim.

Entre as faixas etárias e na comparação com os primeiros sete meses de 2019, o público infantil (entre 4 e 11 anos) cresceu 13%, entre 12 a 17 anos, subiu 12%, no horário das 7h às 23h59. Das 18h às 23h59, um salto de 23% e 22%, respectivamente.

As mais beneficiadas pelo bom crescimento foram as novelas. Com Avenida Brasil e Êta Mundo Bom!, o Vale a Pena Ver De Novo registrou 21 pontos de média, um aumento de 38% entre o público masculino e 30% entre o público feminino. Pela idade, a Globo aumentou os números em 37% com o público infantil, 42% entre os adolescentes e 35% entre os jovens.

Com Malhação, a TV fechou com 20 pontos de média e aumentou os índices em 21% entre os homens, 16% entre as mulheres, 26% entre as crianças, 27% entre os adolescentes e 21% entre os jovens. Com Éramos Seis e Novo Mundo, o canal atingiu 21 pontos de média e cresceu na comparação com o ano passado. Ao todo, 9% entre os homens, 7% entre as mulheres, 15% entre as crianças, 19% entre os adolescentes e 9% entre os jovens.

Já com Salve-se Quem Puder e Totalmente Demais, a emissora deu um salto enorme: 29 pontos, antes 25. Entre as crianças, um pulo de 33%, mais entre os adolescentes, 38%, e uma boa média entre os jovens, 22%. Com Amor de Mãe e Fina Estampa, a audiência foi para 31 pontos, 2 pontos a mais que o mesmo período do ano anterior. As crianças ocuparam 28% do público das novelas, os adolescentes 27%, e os jovens 15%.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.