Combate ao Coronavírus fica, pela primeira vez, abaixo dos dois dígitos

Combate ao Coronavírus
Márcio Gomes no comando do Combate ao Coronavírus; jornalístico perde audiência (Imagem: Reprodução / Globo)

Jornalístico lançado pela Globo no último dia 17, Combate ao Coronavírus bateu recorde negativo de audiência nesta quinta-feira (26), conforme dados obtidos na Grande São Paulo. O programa apresentado por Márcio Gomes ficou, pela primeira vez, abaixo dos dois dígitos. Outros noticiários da emissora, todos dedicados à cobertura da pandemia, também caíram.

No ar das 10h às 12h, Combate ao Coronavírus registrou 9,6 pontos. Antes, o Bom Dia São Paulo, comandado por Rodrigo Bocardi, marcou 8,8 de média; o Bom Dia Brasil, com Ana Paula Araújo, garantiu 11,1. Depois, 17,4 do SP1 com Cesar Tralli. O Jornal Hoje, capitaneado por Maju Coutinho, emplacou 17,5.

A Sessão da Tarde, após dias de crescimento, caiu para 13 pontos com Um Amor Verdadeiro (2014). Durante o filme, um flash do Jornal Nacional rendeu 14 de média. Renata Vasconcellos, responsável pelo “plantão”, voltou ao ar durante Avenida Brasil (2012) em Vale a Pena Ver de Novo e Malhação – Toda Forma de Amar, anotando, respectivamente, 20,9 e 19,1.

À noite, o Jornal Nacional consolidou 33,2 pontos. Foi o melhor índice da Globo ao longo do dia. O SP2, com Christiane Pelajo, bateu 28,8. A quinta na emissora contou ainda com 27 do BBB 2020, 12,5 para o Lady Night, 8,5 com Jornal da Globo, 6,9 da série Castle, 5,1 para Caçadores de Obras-Primas (2014) no Corujão, 5,1 com o boletim Selfie BBB e 4,9 do Hora Um.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox