Dado Dolabella lembra briga com João Gordo e revela que cantora motivou treta

Dado Dolabella
Dado Dolabella comenta sobre briga épica com João Gordo na TV (Imagens: Divulgação / Montagem – RD1)

A clássica briga entre João Gordo e Dado Dolabella na MTV em 2003 voltou a ser assunto nos últimos dias. Após o apresentador relembrar a treta, o ator resolveu também dar sua versão dos fatos.

O famoso declarou que a atitude que teve em relação ao cantor foi uma espécie de vingança pessoal por causa do tratamento que ele teria dado, pouco antes, a Wanessa Camargo.

Na verdade, isso aí é o que ele (João Gordo) acha da cabeça dele. Não sei de onde ele tirou essa ideia de que eu fui para zoar. Eu não fui para zoar. Fui para ele provar do próprio veneno mesmo, para ele experimentar o que ele fazia com os outros“, declarou Dado Dolabella no podcast Barbacast, do YouTube.

O famoso ainda explicou que o seu empresário na época não queria que ele participasse da atração da MTV, por achar que poderia ser um problema.

O Gordo zoava geral. O programa dele era chamar as pessoas para o programa e ficar esculachando com a cara da pessoa. Ele fez isso uma vez com a Wanessa Camargo, que na época era minha namorada. Quando ele entrevistou a Wanessa, ela saiu aos prantos do programa dele. Ela me ligou e não conseguia nem falar. Estava soluçando de chorar“, desabafou o ator.

Dado ainda disparou: “Quando eu vi o programa, o camarada ‘escrotando’ minha mina, eu achei a maior covardia. E eu falei para ela: ‘Relaxa que um dia esse cara vai me chamar para ir lá e ele vai ter o que ele merece. Ele acha que é louco, então ele vai encontrar alguém louco também no meio do caminho’“.

Recentemente, João Gordo falou sobre o assunto. “Na época, eu sabia mais ou menos quem ele era. Conhecia mais os pais dele, o Carlos Eduardo Dolabella e a Pepita Rodrigues. O cara foi numa de zoar, uma zoeira de playboy, não era para ter treta. Já começou esquisito quando ele dispensou o carro da TV e foi de táxi para a entrevista“, afirmou ele.

O apresentador ainda disse: “Só que antes o Dado passou numa loja de ferragens e comprou uma corrente e um machado. Durante a entrevista, eu queria conversar na boa, mas ele logo disse que eu estava traindo o movimento punk e botou na mesa o que ele tinha comprado. O clima começou a ficar esquisito e eu bati na mesa. Foi quando ele resolveu quebrá-la com o machado. Fiquei indignado“.

João Gordo contou também que por muito pouco eles não se agrediram e que ele acabou ficando de vilão na história: “Ficou aquele embate e eu sabia que estaria ferrado se encostasse a mão nele. Era o Shrek versus o príncipe. Acabou que fiquei de vilão da parada porque só foram mostrar as imagens na íntegra quatro anos depois“.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›