Daniel Dantas analisa personagem em Um Lugar ao Sol e faz reflexão

Daniel Dantas
Daniel Dantas interpreta o Tulio em Um Lugar ao Sol (Imagem: Fabio Rocha / Globo)

Intérprete de Tulio em Um Lugar ao Sol, Daniel Dantas tem despertado ódio nos telespectadores com o seu personagem. Em conversa com a coluna de Patrícia Kogut, o ator falou sobre empresário detestável e fez uma reflexão.

Ele é uma figura odiosa mesmo. Tem um comportamento psicopata, sem afeto, empatia ou cuidado com os outros. E isso é estimulado por este mega necrocapitalismo. É um cara que pensa: ‘Quero tirar o meu, sair desse casamento com alguma grana se não conseguir a presidência da empresa’“, disse.

“Na primeira conversa com todo o elenco, a Lícia (Manzo, autora da novela) falou sobre cada personagem e, na hora do Túlio, disse: ‘Capitalismo selvagem’. A gente foi aos poucos conversando sobre isso“, contou Daniel, que refletiu:

“Ele não é um psicopata completo, mas tem uma psicopatia estimulada por um sistema que empurra as pessoas para isso. A gente foi construindo de maneira a mostrar que ele e a Rebeca são um casal que se amou e ainda se ama, mas sempre com certo interesse misturado, das duas partes”.

Sobre a personagem de Andréa Beltrão, Dantas pontuou: “Porque acho que ela também quer que ele se dê bem, para ter um marido bem-sucedido. E com a Ruth (Pathy Dejesus) é uma relação de absoluto interesse por um lado, mas também de verdadeiro tesão e até de algum carinho. Tanto com a Ruth quanto com a Rebeca, se for vantajoso passar por cima, ele passará. Ele não estabelece muito esse limite”.

Daniel Dantas fala sobre Letícia Sabatella

Na conversa, o artista ainda abriu o jogo sobre sua relação com Letícia Sabatella. Ao afirmar que vive uma “espécie de namoro” com a atriz, o global pontuou:

“É um namoro, mas a gente fala namoro num formato muito específico. Já teve gente dizendo: ‘Casaram, estão morando juntos’. A gente ficou durante um tempo do namoro muito junto mesmo. Ficávamos na casa dela ou lá em casa”.

“Nunca foi um casamento, de morar junto e comprar móvel. Não teve isso. Depois de um tempo, por questões de horários e rotina, falamos: “Não dá para morar junto. Vamos morar perto e está ótimo”. Já vivi um casamento assim. A pessoa morava num bloco do prédio e eu, no outro. Funcionava bem. O esquema com a Lelê é um pouco assim”, disse.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›