Daniel Radcliffe lembra fato curioso envolvendo macaco nas gravações de Harry Potter

Daniel Radcliffe
Daniel Radcliffe lembra fato curioso nos bastidores de Harry Potter (Imagem: Reprodução / YouTube)

Daniel Radcliffe contou que as gravações de Harry Potter não foram tão calmas como muitos fãs pensam… O ator disse que, durante as filmagens de Harry Potter e a Câmara Secreta, um fato inusitado o marcou para o resto da vida.

Em entrevista ao canal Firts Feast, para o quadro Hot Ones, o ator britânico, de 31 anos, relembrou que se envolveu em uma situação inusitada com um macaco, durante as gravações da saga em 2002.

Na cena, a professora McGonagal (Maggie Smith) ensina os alunos de Hogwarts sobre a transfiguração em uma sala cheia de animais. Daniel disse, então, que, nas gravações, viu um macaco se masturbando enquanto o elenco atuava.

Você perguntou sobre uma coisa tão específica naquela sala de aula da McGonagall. Eu definitivamente me lembro que havia um – havia muitos animais, eles devem ter tido mais de 60 lá – mas definitivamente naquela cena, na sala de aula de transfiguração, havia um macaco em uma gaiola que começou a se masturbar implacavelmente“, contou o ator.

Radcliffe ainda observou que, embora o comportamento do animal na situação tivesse sido distinto, o macaco “se comportou muito bem” nas sequências das filmagens. “Embora eu ache que Rupert [Grint] talvez tenha sido mijado por um morcego em um ponto também“, completou, às gargalhadas.

Protagonista de Harry Potter, Daniel Radcliffe se tornou um dos assuntos mais comentados na internet quando publicou um texto como resposta aos comentários feitos pela escritora J. K. Rowling em relação a mulheres transgênero.

Mulheres trans são mulheres“, escreveu o intérprete do pequeno bruxo nas adaptações dos livros da autora. “Qualquer declaração ao contrário apaga a identidade e a dignidade de pessoas transgênero e vai contra todos os conselhos dados por associações profissionais de saúde que têm muito mais experiência no assunto que Jo ou eu“, disparou o famoso.

A publicação de Daniel foi exposta no site do Trevor Project, uma organização sem fins lucrativos dedicada à prevenção de suicídios para pessoas da comunidade LGBT+.

A polêmica aconteceu quando a autora deu o que falar entre os fãs e membros da comunidade após uma série de tuítes acusados de serem transfóbicos.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›