Danilo Gentili
Danilo Gentili falou sobre defesa de Fábio Porchat (Imagem: Reprodução / Jovem Pan)

Danilo Gentili abriu o jogo sobre a polêmica com Fábio Porchat em uma rede social. Porchat teve uma postura polêmica quando defendeu Gentili, após a condenação da Justiça por injúria no caso com a deputada Maria do Rosário (PT).

Em entrevista ao “Pânico”, na rádio Jovem Pan, Danilo falou que é amigo de Porchat, mas não entendeu a defesa. “O Porchat apareceu pra me defender, parecia a Chiquinha defendendo o Nhonho. ‘Se ele racista? Sim e daí? Que ele é nazista? Sim, e daí, mas se fosse outra punição, aí tudo bem’. O Porchat é meu amigo. Ele não é obrigado a concordar com nada que faço e muito menos me defender”, declarou.

“Mas já que você quer falar do assunto, porque fala como se fosse assim: ‘O Danilo teve atitude horrível e a penalidade também é horrível’. Peraí, fala direto. É bonito o que estava no envelope ou só é feio rasgar o que estava no envelope? É bonito o que a Maria do Rosário fez? Isso o colega nunca se manifestou”, alfinetou.

“Ele comentou que a atitude é infantil, que a atitude de rasgar foi horrível, agora o que me levou aquela atitude, ele nunca fez um comentário. Ou defende ou não defende”, continuou.

Quando soube da condenação, Danilo reagiu de forma inusitada. “Dei risada, falei, ‘dá hora’. Achei divertido porque é bem absurdo. Porque só começa a melhorar depois quando começa a abrir discussão”, afirmou. “Se você me perguntar você vai ser preso mesmo? É praticamente impossível que eu seja porque cabe recurso. Mas se você me perguntasse um tempo atrás se eu seria condenado a prisão, eu diria que era impossível também”, declarou Gentili.

Ele ainda recordou o passo a passo, desde o início até a condenação judicial: “Começa quando estou no Twitter e aparece patrulheiro dizendo ‘você é machista, racista, homofóbico’ e a Maria do Rosário sempre fez parte desse coro e dessa patrulha. Diversas vezes ela aparece e outros políticos fazem isso. Até o dia que o Zé de Abreu cospe na cara de uma mulher que não fez nada pra ele e a Maria do Rosário aparece defendendo. Aí vou no Twitter e pergunto: ‘Você é louca?'”.

“Não usei meus seguidores pra coagir ela, fiz uma confrontação direta. Falei: ‘quando alguém conta uma piada, está agredindo uma mulher, quando um cara do seu partido cospe na cara dela, você defende o cara e dane-se a mulher?… Tem uma covardia acontecendo, que é da Maria do Rosário que acionou o Estado pra esmagar um indivíduo, que foi lá discordar dela publicamente”, garantiu.

Assista: