Danilo Gentili
Danilo Gentili rebateu elogio de jornalista, que o elogiou por crítica a Bolsonaro (Imagem: Reprodução/SBT)

Danilo Gentili fez críticas sobre a indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL) à embaixada do Brasil nos Estados Unidos e recebeu elogios até de quem já havia se declarado como um dos seus desafetos. Este foi o caso do editor do Catraca Livre, Gilberto Dimenstein, que chegou a processá-lo por danos morais. 

“A crítica de Danilo Gentili foi muito mais poderosa do que a de todos os jornalistas. Fez da risada uma bomba contra a família Bolsonaro”, escreveu o jornalista.

Porém, o apresentador do “The Noite”, do SBT, parece que não esqueceu do passado e rebateu Dimenstein, lembrando quando era chamado de “facista” por ele.

“Uma rasa pesquisa no YouTube mostrará que essa não é a primeira vez. Nunca deixei de criticar e zoar o governo depois que ele mudou. Na minha timeline tem post fixo sobre isso. Por que agora você me exalta mas quando eu fazia o mesmo com Lula/Dilma você usava seu veículo para me chamar de fascista?”, disparou o humorista. 

Durante o seu talk-show, Danilo Gentili ironizou a indicação do presidente Jair Bolsonaro ao próprio filho, que foi reeleito como deputado federal em 2018, como embaixador do Brasil nos EUA.

“O Bolsonaro está querendo colocar o filho, Eduardo Bolsonaro, como embaixador do Brasil em Washington, nos Estados Unidos. E o Eduardo já está usando até boné: ‘make mamata great again'”, brincou Gentili.

“Agora, realmente, os filhos de Bolsonaro estão prontos para virarem embaixadores do Brasil. E eles se dariam muito bem com o Trump. Porque o Trump é laranja. E eles têm experiência com laranja”, completou ele, em referência ao caso Queiroz.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos