Datena
Datena decidiu esclarecer situação envolvendo Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Band)

José Luiz Datena decidiu abrir o jogo sobre o comentário polêmico que fez envolvendo Jair Bolsonaro (PSL). Durante o “Brasil Urgente”, da Band, do último sábado (14), o apresentador negou que tenha desejado a morte do presidente da República.

“Eu desejo morte de muitas poucas pessoas. Jamais desejaria do presidente da República, mesmo porque eu gosto dele“, disparou Datena. “Eu quero deixar uma coisa bem clara pra vocês: eu gosto do presidente Jair Bolsonaro, eu gosto do Bolsonaro. Pronto, acabou, simples assim. Eu gosto do Bolsonaro. Já falei três vezes”, acrescentou ele.

“O que tem de gente que todo dia torce para que eu morra. Geralmente é canalha, vagabundo, sem vergonha. A mesma coisa, tem gente que torce para o Jair Bolsonaro morrer também“, afirmou o comunicador.

Datena continuou com o desabafo: “Porque eu disse que pegou fogo no mesmo hospital onde está internado o Bolsonaro, só que no Rio, da mesma rede, algum crápula, vagabundo, sem vergonha, disse que eu estava desejando a morte do presidente. Isso é uma palhaçada, uma mentira, uma canalhice. O que chamam de fake news é canalha, vagabundo, sem vergonha que fica espalhando esse tipo de notícia em rede social”.

“Não concordo com um monte de coisa que ele fala. Não concordo com um monte de coisa que ele faz. Concordo com muitas também. Mas eu gosto pra caramba do presidente, jamais iria desejar a morte do presidente”, pontuou o famoso.

“Quem fez essa fake news eu quero que vá pra… casa dele, o canalha que fez essa fake news. Está esclarecido aí ô seu babaca que criou essa situação na rede social? Está esclarecido, seu imbecil que criou isso na rede social? Aliás, estimo as melhoras ao presidente”, completou o apresentador da Band.

Datena deu o que falar

Datena surpreendeu o público do “Brasil Urgente” da última sexta-feira (13) ao fazer um comentário sobre o incêndio do Hospital Badim, no Rio de Janeiro, e citar o local em que Jair Bolsonaro (PSL) está internado.

Para a revolta de alguns e alegria de outros, o apresentador da Band disse que o hospital que pegou fogo não é o que o presidente está internado, em tom de lamento, e a afirmação deu o que falar.

“O hospital que o Bolsonaro está é da rede D’Or também, né? Pois é, não pegou fogo”, disparou, ao vivo. O incêndio, cale lembrar, deixou nada menos que 11 mortos no local da tragédia e causou comoção.

Nas redes sociais, os internautas ficaram divididos e, enquanto alguns faziam piada com a situação, outros se mostraram revoltados, alegando que foi um comentário de mau gosto.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA