Datena revela bronca de diretor e explica o motivo de não olhar para a câmera

Datena
Datena ao vivo no Brasil Urgente da última sexta-feira, 21 (Imagem: Reprodução / Band)

Logo no início do Brasil Urgente da última sexta-feira (21), Datena revelou uma bronca que recebeu de um diretor da Band por causa de uma mania que adquiriu no início da sua carreira como apresentador de programas policiais. Em conversa com Catia Fonseca, ele disse que a advertência foi feita pelo fato de nunca olhar direto para as câmeras.

“Cátia, o lance é o seguinte. Por isso que não tenho o hábito de olhar para a câmera, dificilmente eu olho para a câmera. Um dia, vieram me falar assim: ‘Ô Datena, você tem que olhar para a câmera'”, recordou.

Na época, ele respondeu em tom irônico. “Falei assim: ‘Vem cá, eu sou o único cara que dá audiência aqui. Manda os outros pararem de olhar’. O cara já foi embora daqui, é um desses ‘gênios’ que aparecem a cada mil anos”, comentou.

Segundo o jornalista, o hábito começou quando ele comandava o Cidade Alerta, na Record. “Eu tinha monitor em todas as emissoras de TV. Via break da Globo, SBT. Via todos os breaks, o melhor momento para entrar. Quando eu vim para cá, a mesma estrutura, só que com concorrência maior. Então, ficava olhando o Ibope, Globo, Record. Via todas as emissoras e percebia os breaks. Por isso que fico assim”, detalhou.

Após dez anos trabalhando com vários monitores ao seu redor, Datena tirou a maioria. Agora, o apresentador conta “apenas” com cinco monitores, todos com relação ao telejornal e o que será exibido na edição do dia, longe da guerra por audiência.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.