De pacto de sangue à assédio: as grandes polêmicas da história do BBB

BBB
BBB já teve pacto de sangue polêmico e relação abusiva que causou (Imagens: Reprodução – Globo/ Montagem – RD1)

É quase improvável que uma edição do BBB saia ilesa de, ao menos, uma polêmica. Na última temporada, por exemplo, vieram à tona tretas relacionadas ao racismo e assédio sexual. Mas ao longo da história do formato no Brasil inúmeros assuntos foram discutidos no confinamento.

Confira tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

Para já entrar no clima do BBB 2021, que estreia no próximo dia 25 de janeiro na Globo, que tal a gente relembrar as grandes polêmicas que ocorreram no reality show?

Como esquecer, por exemplo, da acusação de estupro que um participante sofreu dentro do jogo? Ou da vez em que uma relação abusiva entre competidores virou alvo de muita discussão nas redes sociais?

Pacto de sangue

Pedro Bial
Pacto de sangue no programa causou polêmica e Pedro Bial precisou dar bronca em competidores (Imagem: Reprodução/ Globo)

O BBB 7 foi marcado pelo triângulo amoroso formado por Diego Alemão, Íris Stefanelli e Fani Pacheco. No entanto, muitas outras coisas rolaram, como, por exemplo, quando Alberto Cowboy, Daniel e Felipe Cobra fizeram um pacto de sangue para se proteger até o final. A atitude foi tomada logo na primeira semana e fez com que Pedro Bial soltasse uma bronca neles ao vivo.

No ar, o apresentador lembrou que eles deram um péssimo exemplo para o público, pois a prática de se cortar para fazer a “união dos sangues” pode incentivar outras pessoas e aumentar os riscos de transmissão de doenças.

AVC no confinamento

Marielza sofreu um AVC no BBB (Imagem: Reprodução/ Globo)

Muitas coisas aconteceram nas edições do BBB, mas algo inédito foi observado em 2005. Marielza, de 54 anos, estava na banheira de hidromassagem quando quase foi vítima de uma grande tragédia ao vivo para todo o público. A dona de casa teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Rapidamente, ela foi resgatada, levada ao médico e ficou bem. Retirada do programa, a participante precisou ser substituída.

Bulimia exposta

BBB
Leka expôs caso de bulimia em pleno programa (Imagem: Reprodução/ Globo)

Logo na primeira temporada do formato no Brasil, uma assunto foi discutido dentro e fora da casa. Alessandra Begliomini, a Leka, acabou expondo que sofria de bulimia, após todo o seu drama ter sido acompanhado pelo público. Logo depois das refeições, a participante se trancava no banheiro e vomitava por medo de engordar. Na época, cabe lembrar, o transtorno alimentar ainda era pouco conhecido, ou pelo menos discutido.

Acusação de estupro

No BBB 12, uma expulsão chamou a atenção de todos. Daniel foi obrigado a deixar o programa após ser acusado de estupro durante o confinamento. Tudo aconteceu após uma festa, quando ele deitou na mesma cama que Monique, que estava dormindo, depois da bebedeira.

Nas redes sociais, o assunto foi discutido e Daniel acabou sendo acusado de ter estuprado a colega de confinamento. A polícia até esteve nos estúdios da Globo e abriu uma denúncia. Já expulso da atração, o participante acabou absolvido.

Quase extraditado

Serginho quase deixou o BBB por atitude da PF (Imagem: Reprodução/ Globo)

De amado pelo público a “fugitivo” da Polícia Federal. O angolano Serginho causou polêmica ao, logo na primeira semana do BBB 1, ter tido problemas com a polícia. Ele foi acusado de aparecer na televisão trabalhando, mesmo com o seu visto vencido no Brasil. Por muito pouco ele não foi deportado para a França. A situação foi contornada e, depois da atração, ele tentou regularizar tudo.

A queda da coroa

Joseane Oliveira
Joseane Oliveira perdeu o título de miss após participação no BBB (Imagem: Divulgação/ Globo)

No BBB 3, Joseane Oliveira sofreu duas vezes. Eliminada nas primeiras semanas do programa, a ex-miss Brasil 2002 acabou perdendo a sua coroa. Isso porque, enquanto ela estava no confinamento, foi descoberto que ela casada. Entre as regras do concurso está o fato de que as modelos devem ser solteiras.

Tudo aconteceu quando a participante quase viveu um romance dentro da casa com o participante Dílson. Ela evitava ao máximo uma aproximação maior com o brother, mas não revelava o real motivo. Na época, então, o jornal Extra revelou que ela era casada.

Relação abusiva

Em 2018, um assunto deu o que falar nas redes sociais. A polícia precisou intervir no BBB da época para investigar as atitudes agressivas de Marcos contra Emily. No programa, o relacionamento do casal deu diversos sinais de ser abusivo, o que acabou levando a direção a expulsar o médico.

No BBB 17, o cirurgião plástico começou a discordar da namorada, a criticá-la intensamente, até que um dia ela decidiu terminar tudo na frente das câmeras, e ele explodiu. “Presta atenção, Emily, você tem que ficar comigo independente de quem eu acho que tem que ganhar [o prêmio]”, gritou ele, repetidamente, enquanto apontava o dedo na cara da participante.

Num outro momento, a sister pediu para ele soltá-la porque ele estava machucando seu braço. Em seguida, ele acabou expulso e processou a Globo por danos morais e pediu uma indenização de R$ 750 mil.

Empurrão polêmico

No BBB 19, o clima pesou na última festa e Hariany acabou sendo expulsa do reality, faltando um dia para a final. Ela vinha se incomodando com a postura de Paula no programa, se descontrolou e brigou com sua amiga. No meio do calor da discussão, a goiana empurrou a outra competidora, que caiu no chão. A situação viralizou e o público pediu a expulsão dela.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›