Débora Bloch volta à Globo em série sobre ensino para adultos (Imagem: Divulgação / Globo)

Extraoficialmente, a Globo adiou o lançamento de “Troia”, novela de Manuela Dias para a faixa das 21h, para conceder um “período maior” de férias às protagonistas Adriana Esteves e Taís Araújo, recém-saídas de “Segundo Sol” e do “Popstar”. A trama, com estreia prevista para maio de 2019, agora entrará em novembro. O restante do elenco, porém, não terá o mesmo benefício de Adriana e Taís. Débora Bloch, por exemplo, está escalada para a série “Segunda Chamada”.

Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, Débora viverá uma das professoras do roteiro, desenvolvido por Carla Faour, Jô Bilac e Julia Spadaccini, com direção artística de Joana Jabace. Os 12 episódios irão acompanhar os dramas de alunos e professores – quatro, ao todo – numa escola para adultos. A estreia está prevista para outubro do ano que vem.

Para a série, a Globo pretende contar com uma cidade cenográfica, além de gravações na Central do Brasil – ambiente do premiado filme de Walter Salles, produzido em 1998, que rendeu a indicação ao Oscar de “melhor atriz” para Fernanda Montenegro –, e nos arredores, como o Saara, onde se localiza o centro comercial destacado na novela “Cobras & Lagartos” (2006).

Débora Bloch estreou na Globo em “Jogo da Vida” (1981), às 19h. Sua estadia na casa é marcada pelo humor, tanto em programas do gênero, como “TV Pirata” (1988), quanto por personagens como Ana Machadão de “Cambalacho” (1986), Teodora de “Salsa e Merengue” (1996) e Madô de “A Lua me Disse” (2005). Nos últimos anos, a atriz “flertou” com o drama, em “Caminho das Índias” (2009), “Sete Vidas” (2015), “Justiça” (2016), “Treze Dias Longe do Sol” (2018) e “Onde Nascem os Fortes” (2018).

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!