Deborah Secco fala sobre retorno de América no Globoplay

Sol (Deborah Secco) em América
Deborah Secco fala sobre retorno de América no Globoplay (Imagem: Divulgação / Globo)
O reencontro do casal Sol (Deborah Secco) e Tião (Murilo Benício) já pode ser acompanhado no Globoplay. Na última segunda-feira (25), América chegou à plataforma.
Exibida pela Globo em 2005, a trama, escrita por Gloria Perez, faz parte do projeto de resgate dos clássicos da dramaturgia do Globoplay, e traz como protagonistas os personagens Sol e Tião.

A história marcou a carreira da atriz Deborah Secco, que deu vida à personagem Sol, uma jovem humilde, cujo maior sonho era cruzar as fronteiras e viver nos Estados Unidos para melhorar de vida. “É um presente rever ‘América’. Me lembro de tudo como se fosse hoje. Vale muito a pena assistir. São histórias de vida lindas, tanto a da Sol quanto a do Tião, que se cruzam em um grande destino. É uma obra imperdível”, relembra Deborah.

Na trama, Sol se apaixona por Tião (Murilo Benício), um rapaz criado no interior do país, que deseja ser um campeão de rodeios e, com o dinheiro, construir uma casa para a sua família. A felicidade entre os dois é ameaçada quando a moça abre mão do relacionamento para realizar o sonho de ir para o exterior.

Exibida entre março e novembro de 2005, América tem autoria de Gloria Perez e direção de Jayme Monjardim, Marcos Schechtman, Luciano Sabino, Marcelo Travesso, Teresa Lampreia, Federico Bonani e Carlo Milani.

Deborah Secco comemora possibilidade de rever América após 17 anos

Após 17 anos da exibição original na TV Globo, América chega ao Globoplay. Como é para você rever o seu trabalho depois de tanto tempo?

É um presente poder rever a novela depois de tanto tempo. Rever sem cobranças, sem angústias, sem medo de fazer errado.

Alguma cena deste trabalho ficou marcada na sua memória?

Nossa, várias. Tem duas cenas clássicas: Sol se escondendo dentro do porta-luvas e outra dela dentro da caixa da televisão para tentar entrar nos Estados Unidos. Lembro de outra, que por sinal eu sou apaixonada: é a que eu e o Murilo gravamos no Pantanal, dentro de um rio. Tenho várias cenas marcantes nessa novela.

Naquela época, como era o convívio com os colegas de trabalho, o clima das gravações? Conte um pouquinho como eram os bastidores.

Eu tive grandes encontros nessa novela. Pessoas que trouxe para a minha vida. Camila Morgado, Caco Ciocler, Murilo Benício, Cris Viana, Eva Todor, atriz maravilhosa, mas que já nos deixou, além de vários outros. Fiz grandes amigos durante a novela.

Como foi a parceria com o Murilo Benício?

A parceria com o Murilo foi a melhor possível. Eu adoro a pessoa dele, sou apaixonada pelo seu trabalho. É um grande ator, além de ser divertidíssimo. Foi muito incrível!

O que você destacaria em “América” como um atrativo para o público que não conheceu a novela quando foi exibida originalmente?

América é um novelão, com tudo o que um grande novelão tem: aventuras, amores. Vale muito a pena assistir. São histórias de vida lindas, tanto a da Sol quanto a do Tião, que se cruzam num grande destino. É uma obra imperdível.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Henrique CarlosHenrique Carlos
Apaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.