Delegada abre o jogo sobre investigação de supostos estupros de Felipe Prior

Felipe Prior
Felipe Prior é investigado após acusações de violência sexual (Imagem: Reprodução / Globo)

A delegada Marina Valéria Pereira Novaes, responsável pelo inquérito que apura as acusações de estupro e tentativa de estupro contra o ex-BBB Felipe Prior, afirmou que a investigação entrou na reta final. O arquiteto foi acusado por três mulheres de ter cometido os atos entre os anos de 2014 e 2018.

Segundo informações do jornal Extra, seis testemunhas de defesa do paulista foram ouvidas pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo entre quinta (14) e sexta-feira (15). “Nós já ouvimos uma testemunha de defesa do Prior. Eu escutaria mais três nesta segunda-feira, mas precisei desmarcar por que não estava me sentindo bem. Então, entre quinta e sexta, espero já ter colhido o depoimento de todos. Podemos dizer que a investigação já está perto do fim”, garantiu.

A titular da delegacia opinou que as declarações nas oitivas “é o suficiente” para o destino do processo: “Assim que terminarem as oitivas, farei um relatório final com os depoimentos das três supostas vítimas, mais o do Prior e das testemunhas de defesa. Juntaremos tudo e mandaremos para o Ministério Público. É lá que eles vão decidir se pedem o arquivamento do processo ou se denunciam o rapaz”.

“O MP também pode pedir que sejam feitas novas oitivas, mas acredito que o que foi trazido pelas advogadas das supostas vítimas já é o suficiente para o destino do processo. Tudo isso deve ser concluído até semana que vem”, assegurou.

As advogadas de defesa apontaram uma quarta possível vítima, que não mora no Brasil. “Eu expliquei às advogadas de acusação que elas poderiam acrescentar a declaração que tinham colhido dessa vítima, mas seria impossível conseguirmos interrogá-la, já que ela não mora no Brasil”, considerou.

“Quando o caso for encaminhado ao fórum, elas podem apresentar aos promotores e, se eles entenderem que é possível ouvir essa possível quarta vítima, eles farão isso por meio de videoconferência ou de alguma outra forma”, explicou.

Procurada pela reportagem do jornal, a assessoria de Felipe Prior não comentou sobre os novos detalhes da investigação e informou que aguardará os próximos passos do processo.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.