Demitido em 2012, ex-diretor do SBT chama Celso Portiolli de ingrato

Celso Portiolli
Celso Portiolli é alvo de ex-diretor do SBT (Imagem: Reprodução / SBT)

Demitido do SBT em 2012 após 28 anos de serviços prestados, o ex-diretor Walter Wanderley, conhecido como Goiabinha, chamou o apresentador Celso Portiolli de “ingrato” e afirmou que o artista tinha como impedir sua demissão do canal de Silvio Santos, mas não o fez.

“Eu falo que ele foi ingrato comigo porque quando ele tinha condições de me segurar [no SBT]”, desabafou em entrevista à Rê Agapito, no Instagram.

“O que tem de puxador de tapete na televisão brasileira… É muita gente mau caráter que tá em altos cargos nas emissoras. Mau caráter, pessoas que usam o cargo pra comer mulher ou dar pra um”, disparou.

“Gente do céu, tô passada. Mas a televisão, o meio artístico é um meio esquisito como todo mundo fala, né?”, questionou a entrevistadora.

Goiabinha ponderou: “Não, na polícia tem, na política tem, na igreja tem, na escola tem, qualquer lugar tem. Mas a televisão é mais exposta, né? Muita gente mau caráter, muito bandido”.

Antes de Portiolli, ele disse que o humorista Rodolfo Carlos de Almeida foi ingrato. “Eu sempre trabalhei no SBT, ganhava bem, quer dizer, ganhava mal, eu ganhava mal, mas nunca precisei de dinheiro de ninguém, nunca precisei acabar com ninguém”, expôs.

“Por isso eu tenho a minha alma limpa e ninguém pode falar de mim por aí. Tem muita gente que tem muita coisa, mas é dinheiro de puta que eles têm. Ou de puto também”, atacou.

Perguntado se mais alguém foi ingrato, Goiabinha respondeu na lata: “O Celso! Sim, eu acho ele ingrato. Comigo ele foi. E eu falo que ele foi ingrato comigo, foi muito ingrato comigo. Porque quando ele tinha condições de me segurar…”, surpreendeu.

“Sabe por que eu tô falando isso? Porque a primeira vez que veio uma fita cassete [dele, com teste para TV, veio] no meu nome. O interesse veio da minha mão. Eu podia ter pego aquela fita cassete e jogado no lixo. E aí ele não era quem ele é hoje. Entendeu? Eu poderia ter pego aquela fita e jogado no lixo”, explicou.

“Quando chegou essa fita, eu passei pra frente e ele veio trabalhar. Eu não estou falando mal do Celso Portiolli, estou falando da ingratidão dele, porque a primeira vez que ele botou a cara no vídeo eu estava presente”, desconversou.

A ingratidão mencionada por Walter foi em uma das renovações de Portiolli com o SBT. “Quando o Celso Portiolli foi renovar o contrato, botaram minha cabeça numa bandeja. Mas o que aconteceu? O Celso tinha metade da direção de um lado o outro cara [diretor] a outra metade. Naquela hora, o Celso poderia ter dito: ‘Não mexa com ele’, porque eu ensinei o Portiolli a fazer, pelo menos, os primeiros programas. Eu ensinei ele a como se comportar”, entregou.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›