Alexandre Frota
Alexandre Frota é condenado pela Justiça (Imagem: Reprodução / Instagram)

Deputado Federal eleito por São Paulo pelo PSL, Alexandre Frota acaba de ser condenado pela 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo a indenizar o jornalista Juca Kfouri.

Frota terá que desembolsar R$ 30 mil por danos morais, após o ex-ator pornô publicar no Twitter mensagens de cunho ofensivo, logo depois de Juca postar um texto em seu blog em que chamava o deputado de “ator pornô” e que ele conduzia Roque Citadini, candidato à presidência do Corinthians, para o abismo.

Frota o chamou de “capacho do PT” entre outras palavras de conotação sexual. Meses após o ocorrido, Alexandre voltou a atacar o jornalista, o chamando de “bêbado” e que ele não valia nada.

As ofensas recentes do deputado federal fizeram o Tribunal de Justiça dobrar a pena que ele havia recebido em primeira instância, de R$ 15 mil. O julgamento em segunda instância aconteceu na última terça-feira (15), favorável a Juca.

Os desembargadores acompanharam o voto do relator José Carlos Ferreira Alves: “O réu [Frota] extrapolou os limites do razoável e da exposição da liberdade de manifestação de pensamento e opinião”.

“Destaca-se que a liberdade de opinião, manifestada publicamente, não pode ser exercida de forma irresponsável, sob pena de ocorrer o exercício arbitrário da justiça com as próprias mãos, o que é intolerável num Estado democrático de Direito. Praticamente em seguida à postagem que gerou a presente demanda, o réu [Frota] voltou a manifestar-se via rede social, para novamente agredir o autor de forma bastante ostensiva e com xingamentos, insistindo na disposição de denegrir a imagem pública do jornalista”, continuou o desembargador.

Ele ainda destacou que Alexandre Frota deveria ter procurado a Justiça ao se sentir constrangido com a reportagem, e que as palavras de baixo teor ditas pelo agora político na web foram amplamente divulgadas e causou danosa repercussão.

“O que menos importa é quantia, o que importa é a questão moral. A gente precisa não se calar diante desse tipo de coisa. Só assim essa gente vai se dar conta de que as redes sociais não são uma terra de ninguém”, disse Kfouri ao jornal Folha de S.Paulo. Já Frota, por meio da sua assessoria de imprensa, não se manifestou, pois está de férias.

Túlio Gadêlha aciona Alexandre Frota no Ministério Público após comentário

Túlio Gadêlha (PDT) foi alvo de ataques gratuitos do ex-ator pornô e deputado eleito por São Paulo Alexandre Frota (PSL). O deputado eleito por Pernambuco usou o seu perfil no Instagram para se manifestar em frente ao Ministério Público do Estado.

O namorado de Fátima Bernardes decidiu entrar na Justiça contra o artista após ele ser alvo de comentários maldosos contra ele e a apresentadora da Globo. Em um momento do bate-boca entre Frota e os seus seguidores, ele chegou a ofender os pernambucanos.

Na manhã desta quinta-feira (27), Túlio se manifestou: “Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial – pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota”, avisou o pernambucano.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!