Diretores do Ilha Record falam sobre expectativa para a estreia e disputa pela audiência

Ilha Record
Diretores do Ilha Record falam sobre expectativa para a estreia do programa e mecanismos para brigar pela audiência (Imagem: Divulgação / Record)

A Record estreia nesta segunda-feira (26), às 22h45, o Ilha Record. Ao todo, serão 13 famosos confinados em uma ilha, localizada em Paraty, no Rio de Janeiro, totalizando 40 episódios entre julho e setembro, quando o reality dará lugar para a 13ª temporada de A Fazenda.

O diretor do programa, Diogo de Moraes, explicou mais detalhes da nova atração da emissora.

“O programa será gravado em uma propriedade de mais de um meio metros quadrados e e ficou muito muito grandioso na verdade. A gente construiu lá uma vila, que ficou maravilhosa e construímos o exílio, também. Há um campo de provas enorme onde acontecem muitas provas em equipe e lá também tem a nossa arena de provas que é onde são feitos os desafios sobreviventes uma estrutura gigantesca. Temos, ali, mais de cinquenta câmeras e ficamos gravando por mais cinquenta dias. Acho que é o tempo de construção de três meses, quatro meses pra levantar tudo. Acho que todo mundo vai gostar porque realmente foi muito muito bem cuidado, tudo foi muito bem cuidado eh e ficou bem bem bonito, cheio de livros vocês vão gostar bastante”.

Já a diretora-geral do Ilha Record, Vivian Alana, falou um pouco do desafio diário e dessa vivência de gravar numa pandemia.

“O confinamento do elenco que a gente fica vendo ali na vila, foram mais de duzentas e oitenta pessoas morando lá em Paraty em hotéis. As pessoas que saíram das suas casas foram testadas e se comprometeram com o protocolo de biossegurança elaborado com muito cuidado e com o uso de máscara, álcool gel, distanciamento, ventilação mínimo detalhes. A gente tem que estar preocupado porque a pessoa que vai gravar, o elenco, não pode estar tão próximo”, destacou a diretora.

Sobre o elenco, Vivian explicou: “O elenco foi confinado mais ou menos vinte dias antes. E foram apertados em casa, foram testados quando chegaram no confinamento do hotel e a equipe também ficou ali pelo menos um mês antes da gravação confinada pra não ter nenhum risco de contaminar dentro da nossa bolha. E deu tudo certo, a Ilha deu tudo certo, o programa tá maravilhoso e a gente vai ter ações que vão transcorrer a Ilha”.

Uma Ilha online

Para manter a Ilha conectada ao telespectador, a diretora de Planejamento Transmídia, Bia Cioffi, contou quais mecanismos a atração recorrerá para gerar o buzz necessário à atração.

“É muito legal no momento onde a gente vive, em que as pessoas tão se viajando tanto com assistindo, comentando nas redes sociais a gente um novo inédito e pra esse público que viajar ainda mais, assistir, conhecer com a gente. para isso, é só ligar na Record em um reality show que já começou super interativo”, falou.

“Durante as gravações, uma série de interações foram propostas pro público, o público já construiu esse gente, ajudou a escolher prêmio, ajudou a escolher prova etc. Então, a gente já trouxe o público aí acompanhando os bastidores nesse último mês, nesses últimos meses. O engajamento Ilha Record tá superinteressante. Ontem a gente já estava nos TTs, todo mundo aí com uma expectativa bem alta pra estreia e a gente até convida todo mundo, a gente tá a partir de hoje condensando a nossa cobertura pela hashtag e a gente convida todo mundo a curtir bastante com a gente”, afirmou.

“Já seguir a gente nas redes sociais @IlhaRecord porque lá já tem muito conteúdo pra ver e acompanhando, conhecendo um pouco tem tem perfil dos participantes, tem muita coisa pra quem ainda tá um pouco por fora. Olha, quer conhecer um pouco mais ou tá muito curioso poder se informar aí nas nossas redes sociais. A Record tem esta preocupação de criar os programas de maneira multiplataforma mesmo. Os nossos programas não é que a gente tem o programa da tevê e aí a gente cria um puxadinho digital. Existe essa preocupação que os programas sejam construídos desde o início sua extensão pras redes sociais e a mesma coisa acontece aqui em Ilhéus”, revelou.

“Temos aí Sabrina na ilha com a cobertura dos bastidores do programa Ilha Record do dia a dia. Enfim nossas redes sociais todas. Esse é um programa que vai entrar em pílulas nas redes sociais diariamente e semanalmente a gente tem ali um programa um pouquinho maior no YouTube e fora isso temos depoimentos dos nossos competidores eles gravaram uma série de relatos pro digital. Então assim, quem assistiu o programa na TV realmente vai ter uma extensão digital pra acompanhar ponto com e nas redes sociais. A gente tem esse acompanhamento diário exclusivo, conteúdo extensão no digital”, disse Bia.

Reuber Diirr
Reuber Diirr é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Com passagens pela Record News ES e TV Gazeta (Globo/ES), acompanha as coletivas de imprensa com matérias exclusivas. Além disso, produz conteúdo multimídia para o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube do RD1. Acompanhe os eventos com famosos clique aqui!
Veja mais ›