Diretores e apresentadores da Record falam sobre legado de Gugu Liberato no Canta Comigo

Gugu Liberato
Gugu Liberato à frente do Canta Comigo; programa ganha versão teen no Hora do Faro (Imagem: Edu Moraes / Record)

Formato adquirido pela Record há alguns anos, o Canta Comigo teve a apresentação de Gugu Liberato (1959-2019) por duas temporadas. A atração, agora, ganha sua versão teen sob a apresentação de Rodrigo Faro e Ticiane Pinheiro.

A novidade, única no mundo, estreia neste domingo (4) dentro do Hora do Faro. Sobre o legado de Gugu Liberato à Record e ao programa, considerado “xodó” do comunicador, diretores da emissora e colegas de canal falaram em coletiva.

A primeira coisa que eu queria falar era que o Gugu falava que este programa era o xodó dele“, começou Rodrigo Carelli. “Ele nunca tinha feito outra coisa que tinha dado prazer e que tinha sido tão bonita. Pelo menos na luta pela audiência, no domingo com a luta hard, agora ele estava fazendo algo que era um show e que ele achava ser o xodó dele mesmo. Ele gostava de fazer o ‘Canta Comigo’ pelo contato com os jurados. Ele descobriu com o ‘Canta Comigo’ que ele tinha um público que ele achava não ter. Isso deixou ele muito emocionado e nós ficamos muito felizes de o último projeto que ele fez tenha feito dele muito feliz“, destacou o diretor.

Rodrigo Faro abriu o coração sobre estar no posto que foi de Gugu Liberato. “Eu digo que é uma honra pisar no palco de um programa que o Gugu fez e consagrou. Com muita humildade eu pedi licença e entrei tentando trazer o meu DNA para este projeto que tem a cara do Gugu. Eu sempre digo, com tudo que aconteceu com o Gugu, o fato de eu pisar no palco e me dirigir ao telespectador, vai ser uma homenagem ao Gugu“, ressaltou Faro.

O Gugu foi um dos meus maiores mestres e professores. Me ensinou muita coisa e me deu muita oportunidade. Não preciso nem dizer, toda vez que eu pisar no palco, vai ser uma homenagem para ele que me fez como apresentador“, finalizou Faro.

Juliana Algañaraz, CEO da Endemol Shine Brasil, contou que durante a negociação de um formato para o apresentador, Gugu sempre queria algo novo para apresentar. “Ele sempre me ligava para saber se eu tinha algo novo. Eu estava em conversa com a Record, que tinha gostado do formato quando viram. O Gugu me ligou com a vontade de apresentar para a Record dizendo que o programa era muito bom. ‘Ele é minha cara. Minha próxima etapa na TV brasileira’. Eu falei que o projeto já estava em andamento e ele ficou todo feliz. Foi maravilhoso, daí pra frente. Foi uma junção de coisas“, destacou ela.

Juliana contou, ainda, que Gugu planejava retornar aos domingos da Record com o Canta Comigo: “A última conversa que tive com o Gugu no camarim, ele me disse: ‘Temos que convencer a Record de ir pro domingo com crianças’. Ele tinha este talento e muitos anos de televisão nas costas. Ele tinha esta batalha do minuto a minuto e tinha esta intuição“.

Ticiane Pinheiro relatou sobre se espelhar em Gugu como apresentadora. “Eu assistia o Gugu desde pequena e participava de programas de TV com ela. Sempre me inspirei nele. Hoje, estar fazendo um programa que era o xodó dele, é uma homenagem que eu e Rodrigo fazemos a ele. Estamos tomando conta de uma atração que fazia ele muito feliz e vem fazendo a gente muito feliz também“, finalizou.

Reuber Diirr
Reuber Diirr é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Com passagens pela Record News ES e TV Gazeta (Globo/ES), acompanha as coletivas de imprensa com matérias exclusivas. Além disso, produz conteúdo multimídia para o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube do RD1. Acompanhe os eventos com famosos clique aqui!
Veja mais ›