Record
MRV revida após ataques da Record, mas telejornal não exibe comunicado (Imagem: Reprodução / Record)

Após três reportagens do Jornal da Record com o intuito de ferir o sócio-investidor da CNN Brasil, Rubens Menin, o empresário se manifestou por meio de uma de suas empresas, a MRV Engenharia, alvo dos ataques da Record.

Por meio de uma nota oficial, a MRV informou que as ações divulgadas pela emissora foram represálias contra a CNN Brasil após a contratação de Reinaldo Gottino. O jornalista não renovou com o canal paulista e assinou com o novo canal de notícias, no final de setembro.

No comunicado enviado ao Jornal da Record, Menin afirmou ainda que os ataques se tratam de “um atentado contra a marca do Jornalismo da Record e um desrespeito a seus profissionais”.

Esta foi a primeira manifestação da empresa do sócio da CNN Brasil desde a primeira reportagem veiculada pela emissora, no dia 22 de setembro.

Adriana Araújo, durante a edição de segunda-feira (30), informou que a construtora não havia se manifestado. “Procurada pelo Jornal da Record, a construtora MRV não se manifestou sobre o conteúdo da reportagem”, declarou.

Confira a resposta na íntegra:

“Sobre os questionamentos para esta e outras ‘reportagens’, a MRV esclarece ao telespectador da Record que são uma represália de baixo nível da direção da emissora à contratação do apresentador Reinaldo Gottino pela CNN Brasil. Trata-se de um atentado contra a marca do Jornalismo da Record e um desrespeito a seus profissionais.

Solicitamos a veiculação da resposta acima na íntegra, conforme previsto na lei federal Nº 13.188, de 11 de novembro de 2015.”

Depois de Globo e Record, CNN Brasil prepara super desfalque ao SBT; veja os alvos

A CNN Brasil não diminuiu a intensidade dos seus ataques. Após tirar nomes importantes da Globo e da Record, o novo canal de notícias tem no SBT os seus novos alvos. O canal de Silvio Santos pode perder dois jornalistas, um de Brasília e outro de São Paulo.

Fábio Diamante, considerado um dos nomes mais fortes entre os repórteres de rua do canal, está na mira de Douglas Tavolaro, CEO da CNN Brasil. Desde a época em que trabalhava na Record, o diretor sonha com a contratação do jornalista. A informação é do jornalista Flávio Ricco, do UOL.

Em 2017, conversas entre as partes aconteceram e com a pretensão de transformar Fábio em repórter especial. Na época, o acordo entre as emissoras da Simba — SBT, Record e Rede TV!— inviabilizou a conclusão da negociação.

Não é só nele que a CNN Brasil está de olho. Outro, e com conversas para lá de avançadas, pode ser o mais novo nome a ser confirmado no canal. Trata-se de Daniel Adjuto, que acompanha de perto o desenrolar das decisões de Brasília para o SBT.

Ainda de acordo com a reportagem, Daniel e CNN  estão próximos de um acerto, para que ele seja o novo apresentador da casa, com o intuito de ancorar telejornais e fazer reportagens na capital do país.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos