Elba Ramalho
Elba Ramalho decidiu dizer não para programa comandado por Michelle Bolsonaro (Imagem: Divulgação)

Elba Ramalho decidiu rejeitar uma participação sua no programa programa Pátria Voluntária, lançado por Jair Bolsonaro (PSL) e que tem a esposa dele, Michelle, como presidente do conselho.

De acordo com informações do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a cantora afirmou que não poderia aceitar o convite para participar do conselho. A nordestina alegou excesso de trabalho e inúmeras viagens.

O novo Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado foi lançado na última terça-feira (9), no Hospital da Criança de Brasília José Alencar. O projeto é vinculado ao Ministério da Cidadania e tem a primeira-dama como presidente do Conselho.

Elba Ramalho era uma das representantes cotadas por Michelle Bolsonaro que são comprometidas com o trabalho voluntário de diversas regiões do País.

Além de 12 ministros do governo, o conselho também é formado por integrantes da sociedade civil, como seria a cantora e é a Rosângela Moro, mulher do ministro Sergio Moro (Justiça).

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!