Em clima de Olimpíadas, Globo Repórter ao vivo garante boa audiência

Globo Repórter
Carlos Gil e Sandra Annenberg na edição de sexta-feira (16) do Globo Repórter; jornalístico ao vivo garante boa audiência (Imagem: Reprodução / Globo)

O Globo Repórter da última sexta-feira (16) entrou no clima dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As apresentadoras Glória Maria e Sandra Annenberg conversaram ao vivo com o correspondente da Globo na Ásia, Carlos Gil, sobre os trabalhos relativos às competições. A audiência correspondeu à investida, conforme atestam dados obtidos na Grande São Paulo.

Entre 22h31 e 23h20, o Globo Repórter conquistou 19,8 pontos, 28,6 de pico e 34,7% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 6,2 para a Record e 5,9 do SBT.

Logo depois, a Sessão Globoplay consolidou 12,7 de média com a série FBI. O Jornal da Globo emplacou 7,2 pontos. Na madrugada de sexta para sábado (17), 5,3 para o Conversa com Bial, 4,4 de Jesse Stone – Tempo de Despertar (2007), 3,6 com Temos Vagas (2007) e 3,5 para A Eterna Namorada (2007). Os três filmes foram exibidos dentro do Corujão.

Pela manhã, o Bom Dia São Paulo garantiu 6,5. Na sequência, 7,2 para o Bom Dia Brasil. O Mais Você, então a cargo de Fabrício Battaglini e Talitha Morete, marcou 5,9 de média. O Encontro, sob comando de Patrícia Poeta, registrou 6,5 pontos. O SP1 rendeu 10,4 de média, enquanto o Globo Esporte SP acumulou 10,5. O Jornal Hoje alcançou 10,3.

Ainda, 10,2 para a Sessão da Tarde com Como Treinar o Seu Dragão (2010). No horário nobre, 22,4 do SP2 e 27,1 para o Jornal Nacional.

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›