Theo Becker e Fábio Porchat
Theo Becker atacou manifestantes e Fábio Porchat reagiu (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Theo Becker reagiu revoltado com as críticas que tem visto contra o presidente Jair Bolsonaro e o resultado das queimadas na Amazônia. O ex-ator da Record saiu em defesa do político e recebeu uma alfinetada do apresentador Fábio Porchat. O famoso não gostou e despejou críticas contra o global.

Na publicação, o artista pró-Bolsonaro mostrou uma imagem de um protesto com pneus sendo queimados em uma rodovia. Theo não informou se a imagem era recente e se fazia parte dos protestos a favor da Amazônia.

“A esquerda protestando contra o Meio Ambiente… Para varias hipócritas! Vocês mesmos tacaram fogo na Amazônia com as ONG’s e ainda protestam da mesma forma”, reclamou na legenda da publicação.

Incrédulo, Porchat reagiu: “A melhor série de humor desde ‘Os Normais'”. Theo Becker rebateu com ironia. “Mermão, bora pra sala de maquiagem. Você tá atrasado… Produção tá bolada já contigo, e amanhã teu horário é as 6h”.

“Brigando comigo ele consegue uma nota da Veja”, disparou o ator, respondendo a uma fã. Não foi a primeira vez que os dois se engalfinham na web. Recentemente, por política, os dois se estranharam na rede social.

O comentário rendeu reações dos internautas. “Fábio, não perde seu tempo com isso, nem vale a pena”, aconselhou uma. “Não tem como ser a melhor série, com um ator desse?”, disparou outra “Esquece política… Esquerda, Direita. Presta atenção, a luta é salvar a Amazônia. Usa suas redes sociais para isso”, pediu uma terceira.

Defensor da direita, Theo Becker ataca petistas, Lula e Venezuela

A polarização entre a esquerda e direita política está cada vez mais forte nas redes sociais. E entre os famosos, não é diferente. Theo Becker, por exemplo, usou o Instagram para atacar defensores do PT e, também, defender o governo.

Em uma montagem onde uma casa com muros baixos aparece atrelada ao período de Ditadura Militar, e outra com cerca elétrica associada à democracia socialista, o ator fez críticas políticas e pediu para que “os de esquerda” deixassem o país.

2022 vem aí e os comunistas petralhas só estão se afundando cada vez mais! Vocês não têm ninguém para os cargos… Todos que escolherem os representar a partir das próximas eleições serão insignificantes ao competir com políticos de direita!“, começou.

Depois, ele incorporou o discurso de que “a mamata acabou” e relembrou a prisão do ex-presidente Lula. “Bora para Cuba ou Venezuela, China ou o raio que os partem… Ralem peito enquanto é tempo do nosso país porque ele é verde e amarelo. Vazem daqui cambada de ladrões“, finalizou.

Houve quem discordasse dele. “Meu Deus, mas o que uma cerca tem a ver? As vezes nem existia esse tipo de concertina, o pessoal colocava até caco de vidro“, disse um seguidor. “Adorei. Seu humor cada dia mais afiado“, disse Fábio Porchat, com ironia.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA