Em desabafo, Mayra Cardi lamenta dificuldades enfrentadas na maternidade

Mayra Cardi
Mayra Cardi lamenta dificuldades da maternidade (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mayra Cardi se sentiu inclinada a desabafar com seus seguidores e, em um longo texto, tratou acerca das dores e delícias da maternidade. A famosa narrou quais são os principais desafios que tem encontrado nesse período.

Carta aberta de dores de mãe! Uma das coisas que mais escuto na minha vida é: Você é uma mãe fod**, como você consegue fazer tantas coisas ao mesmo tempo? Não eu não consigo, não com essa leveza toda que parece, as coisas aqui dentro de mim nem sempre são leves, eu sou forte, mas não significa que não esteja doendo, as vezes a gente já acorda com a energia menos 79% e nesse dia da vontade de chorar e sumir, mas você lembra que não pode e fica“, iniciou.

Em seguida, a ex-mulher de Arthur Aguiar afirmou que, em alguns momentos, se arrepende de ter sido mãe: “Nesse dia você se pergunta: Onde eu estava com a cabeça? Queria minha vida de volta. Logo em seguida a criança vem abre um sorriso e você se arrepende de ter pensado o que acabou de pensar”.

Segundo a famosa, não importa a condição financeira da mulher, todas as mães enfrentam dificuldades quando o assunto são os filhos. “A vida de verdade não é fácil para ninguém, não importa se você tem pouco ou muito dinheiro, quando se tem pouco se passa muito aperto, muitas vontades e até necessidades e tudo fica muito, muito difícil e sofrido! Quando se tem muito, na mesma proporção se tem compromissos, quanto mais dinheiro mais, responsabilidades“, garantiu.

Mãe de dois filhos, Sophia (1) e Lucas (20), ela frisou que tem propriedade para falar sobre o assunto.

Posso falar com propriedade pois vivi duas gestações e criei dois filhos em dois cenários distintos! No muito ou no pouco depois deles, cadê eu? Essa é a pergunta que toda mãe se faz ao menos uma vez na semana! Enfim é só um desabafo de uma mãe que ama acima de tudo e todos os seus filhos e exatamente por amar demais, ela sempre vem depois! Não importa se tenho muito ou pouco dinheiro, o amor infinito de uma mãe é sempre igual, as dores, lamentações e dúvidas sempre as mesmas com cenários mais ou menos decorado!”, decretou.

Por fim, Mayra descreveu em que situação escrevia a longa carta: “Essa sou eu agora no meu momento sozinha, ainda sem tomar banho sem pentear cabelo, sem comer direito, vivendo até essa hora para ela [sua filha Sophia]! Antes do banho e antes de viver ‘meu eu’, decidi mostrar para vocês ‘eu’ quando não tenho tempo nem de fazer stories para mostrar essa parte! Mas não eu não dou conta sempre assim como você, estamos juntas”.

Confira:

Elson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›