Em meio à crise, Gusttavo Lima fatura R$ 100 milhões em shows que ainda nem aconteceram

Gusttavo Lima
Gusttavo Lima vendeu seus 192 shows do ano que vem (Imagem: Reprodução / Instagram)

Gusttavo Lima achou mais uma forma de lucrar muito. Segundo a coluna de Leo Dias, do Metrópoles, o cantor acabou de fechar um negócio revolucionário no cenário musical no Brasil.

Com os shows parados por causa da pandemia do coronavírus, mas com a previsão de retorno para o ano que vem, o sertanejo resolveu vender toda a sua agenda de 2022 para o fundo de investimentos Four Even.

Precisamente falando, o cantor vendeu suas 192 apresentações por R$ 100 milhões, ou seja, cerca de R$ 520 mil por show. Inclusive, parte da quantia já está nas mãos do artista.

De acordo com a publicação, para gerenciar os eventos de Lima, o Four Even contratou o advogado Augusto Castro, da MC3 Produções Artísticas; o empresário baiano Léo Góes, da On Line Entretenimento; e Bete Dezembro, de Manaus, dona da Fábrica de Eventos, que já são nomes conhecidos no cenário da música.

Apesar do negócio, o controle da agenda do músico permanecerá sendo cuidado pelo Balada Music, empresa do Embaixador.

Vale lembrar que apesar de estar realizando lives, Gusttavo Lima quer mesmo é retornar o quanto antes com os shows presenciais. No ano passado, mesmo com a pandemia, o sertanejo pediu o retorno das apresentações.

“Nosso segmento não pode mais ficar parado… São tantas famílias que dependem disso para ter o que comer em casa. Músicos, técnicos, cantores, seguranças, garçons, enfim… Somos capazes de tomar todas as providências cabíveis, para que os eventos voltem com toda segurança social e conforto para o nosso público! O setor de entretenimento pede socorro!”, escreveu ele, que ainda usou hashtags como “saúde e respeito”.

Na web, a declaração de Lima não agradou o público. “Fazer shows a aglomeração vai além. Muitas coisas estão restritas e as pessoas quebram as regras, imagina liberar shows, onde as pessoas mal tem espaço de se mover, consomem bebida alcoólica e não iriam nem respeitar o uso de máscaras. Só na sua cabeça acontecer shows num momento desses. Você é a prova viva de que seus funcionários pegaram Covid apenas fazendo suas lives, imagina um espaço com milhares de pessoa“, ressaltou um seguidor.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›